Universidade escolhida para implantar do curso de medicina realiza 1ª visita em Cruzeiro do Sul

Publicado em 5 de dezembro de 2018

O Centro educacional já está realizando todo levantamento de área e implantação do curso para iniciar a faculdade até o dia 1º de agosto de 2019.

O Centro Universitário ITPAC Porto, de Tocantins, vinculado ao grupo educacional NRE, foi o vencedor do edital do Ministério da Educação para implantação do curso de medicina em Cruzeiro do Sul. Nesta terça-feira (04), o diretor geral do Centro Universitário, Cleber Decale de Assis, visitou as instituições de saúde do município, acompanhado do Prefeito de Cruzeiro do Sul Ilderlei Cordeiro, conhecendo toda estrutura de saúde do município.

O Centro educacional já está realizando todo levantamento de área e implantação do curso para iniciar a faculdade até o dia 1º de agosto de 2019.

“Estamos fazendo um trabalho de prospecção, de conhecer o município, prospectando áreas, futuros imóveis, para até 2019 montarmos a faculdade com curso de medicina aqui em Cruzeiro do Sul. A visita aos postos de saúde é para levantar a possibilidade de estágio para os alunos, áreas de integração entre o município e a instituição de ensino. Estamos bastante entusiasmados, com toda infraestrutura da atenção primária que estamos acompanhando neste município”, falou.

O Prefeito Ilderlei Cordeiro enfatizou que o município tem aproveitado todas as oportunidades para melhorar a qualidade de ensino na cidade. Ao surgir o edital para implantação do curso de medicina, aproveitou a oportunidade e inscreveu o município para concorrer.

“Temos feito o possível para dar sempre o melhor para nossa população. Estamos visitando as instituições com o Drº Cleber, representante da ITPAC, que foi a instituição de ensino superior que ganhou o edital do governo federal para instalarmos o curso de medicina em Cruzeiro do Sul. Eles estão dando prioridade para instalar o mais rápido possível esse curso na nossa cidade. Agradeço ainda o Drº Nicolau que é o dono dessa rede de ensino, que cresce em todo país, já estando presente em Minas Gerais, Tocantins e Piauí. Além do Acre, eles ganharam para instalar o curso em outros seis locais”, enfatizou.

O prefeito explicou ainda que a universidade está fazendo todo diagnóstico de viabilidade econômica para avaliar o valor da mensalidade. Poderão concorrer pessoas que fizeram o Enem nos últimos três anos, como ainda existe a possibilidade de financiamento pelo Bradesco, pelo Fies, e ainda bolsas de estudos em parceria com o município.

“Estamos discutindo com eles também sobre bolsas de estudos, a quantidade, os descontos que podem ser dados, enfim, estamos conversando tudo isso para saber a viabilidade que podemos fazer para as famílias que não tem condições tão boas para pagar uma faculdade de medicina. Esse é nosso papel, eu como prefeito estou buscando alternativas para melhorar e capacitar o ensino na nossa cidade, e esta é uma delas”, finalizou Cordeiro.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.