Preso há 223 dias, Lula já custou R$ 2,23 milhões aos cofres públicos

Publicado em 21 de novembro de 2018

Hoje, quarta-feira, dia 21 de Novembro de 2018, completa 223 dias de prisão do ex-presidente Lula, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro a 12 anos e 1 mês de prisão. Segundo cálculos realizados pelo Diário do Poder, Lula já custou R$ 2,23 milhões aos cofres públicos.

Condenado a 12 anos e 1 mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em vez de cumprir a pena em penitenciária comum do Paraná, onde foi condenado, ou de São Paulo, onde morava, Lula tem na carceragem da PF “sala” e banheiro individual e banho quente, além de TV e outras mordomias, ao custo diário de R$10 mil.

De acordo com levantamento feito, comparada a presídios comuns, a prisão é precária. E atrai adoradores e malucos variados, que põem em risco a segurança do próprio Lula. Se fosse enviado para presídio de São Paulo, Lula ficaria mais perto da família, custaria R$ 1,4 mil/ mês e o bolso do contribuinte agradeceria.

Em média, cada preso no Brasil gera um custo mensal de R$ 2,5 mil. Um dia da prisão especial de Lula equivale a 4 meses do gasto normal. No Amazonas, onde o custo está entre os mais altos, o gasto por preso é pouco mais de R$ 4 mil por mês, ou cerca de 10h de prisão de Lula.

Se o Brasil tivesse seriedade nas leis,  que atualmente só protege bandidos dessa natureza isso empobrece cada dia mais o país, judiciário nem se fala a única coisa que eles tem de bom é Salarios e mordomias as custas do trabalhador brasileiro.

 

 


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.