Acreanos ganham cinco novos ônibus para viagens intermunicipais

Publicado em 1 de novembro de 2018

Fotos: Renato Beiruth

Mais conforto e qualidade nas viagens intermunicipais. Este é o objetivo do governo do Acre, por meio da Agência Reguladora dos Serviços Púbicos do Estado do Acre (Ageac), e da empresa Transacreana, com a entrega de cinco ônibus na manhã desta quarta-feira, 31, na Rodoviária Internacional de Rio Branco.

Esses veículos irão fazer viagens intermunicipais entre Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Brasileia e Assis Brasil.

“O trabalho da Ageac é uma tarefa silenciosa, só percebida quando o produto está na estrada, nesse caso, o transporte intermunicipal de passageiros. Nós passamos ao longo desses últimos oito anos organizando o sistema, repaginando a legislação, trazendo segurança jurídica para o mercado, e agora, com a entrega desses ônibus, concretizamos todo esse trabalho”, explicou o diretor-geral da Ageac, Vanderlei Valente.

Ele ressalta ainda que a renovação da frota é fruto de um compromisso do governo com os usuários desses transportes, pois há tempo busca, junto aos prestadores de serviços, a melhor forma de atender a demanda de milhares de pessoas que se deslocam de uma cidade a outra e utilizam o coletivo. Além disso, essa é uma das cláusulas do contrato entre a empresa e a Ageac, que é a renovação da frota quando necessário, visando a qualidade na prestação dos serviços.

Para o diretor da Transacreana, Anderson Nascimento, o órgão vem buscando melhorar cada vez mais os serviços prestados à população. “Hoje, todos os nossos ônibus vêm equipados com wi-fi, ar-condicionado, carregador de celular em cada poltrona e água mineral disponível para todos os passageiros”, destacou.

O superintendente do Banco da Amazônia, Diego Lima, comenta que a parceria com o governo visa promover o desenvolvimento do Estado por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), que aprovou esse projeto para desenvolver todo o transporte dentro do Estado, que ocorreu em parceria público-privada, com uma ordem de investimento de R$ 3,5 milhões.

“É muito importante esse tipo de investimento ser apoiado pelo governo, pois gera emprego e renda, aquecendo a economia do Estado nesse setor de transportes”, enfatizou Lima.

 

Por: Marcelo Torres


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.