Secretária de Saúde afirma que equipes continuam funcionando de forma completa, mesmo com demissões

Publicado em 26 de outubro de 2018

Fotos: Ismael Medeiros

Diante do cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, que a Prefeitura de Cruzeiro do Sul e demais municípios brasileiros tiveram que cumprir, foi necessária a demissão de funcionários de diversos setores do município, entre eles da saúde. Na manhã desta quinta-feira, 25, a Secretária Municipal de Saúde, Juliana Pereira, esclareceu durante coletiva, que mesmo com as demissões, todas as equipes de saúde continuam funcionando de forma completa, com todos os profissionais preconizados pelo Ministério da Saúde e pelo SUS, uma vez que houve apenas uma redução do número de profissionais que atuavam de forma extra, que davam um suporte maior nas unidades.

De acordo com a secretária, antes o município atuava com um número extra de profissionais em razão de servidores que entravam de férias, licença, e ainda devido algumas unidades atenderem o maior número de populares, mas com as determinações que o município teve que cumprir, as demissões foram necessárias, sendo pensadas estratégias de forma a não prejudicar o serviço das unidades básicas de saúde, e manter o serviço funcionando com as 38 equipes de saúde.

“Nenhum gestor quer fazer demissões, nem colocar suas ações em defasagem. Deixamos o número de profissionais de acordo com o número de equipes, ficando 38 profissionais de cada área, como médico, enfermeiro, técnico, recepcionista, limpeza, e assim por diante, com toda estrutura de uma unidade de saúde.  Todos os postos de saúde estão com cobertura, todas as 38 equipes continuam, não desfizemos equipes, apenas reduzimos os profissionais que mantínhamos de forma extra. A carga horária continua a mesma”, explicou a secretária.

A Secretária enfatizou que todas as ações da saúde continuam acontecendo de forma efetiva, pedindo a compreensão da população e que possam manter a tranquilidade. “Continuamos com todas as ações acontecendo, com todas as unidades de saúde com cobertura dos profissionais necessários. Continuamos com as ações do Nasf. O que fizemos foi apenas uma adaptação do quadro. A população pode ficar tranquila, pois o que for da responsabilidade da Prefeitura e dessa Secretaria, quanto a atenção básica será cumprido. Lógico que peso compreensão, pois estamos cumprindo a lei”, finalizou a secretária.

 

 

Assessoria


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.