Aécio Neves “desaparece” de palanques, mas recebe R$ 2 mi do fundo partidário

Publicado em 22 de setembro de 2018

Aliados evitam se expor ao lado de Aécio Neves (PSDB), que concorre a vaga na Câmara; ele foi o maior beneficiário do fundo partidário em MG.

De prestigiado líder nacional dos tucanos, Aécio Neves tornou-se quase uma persona non grata no partido. Quase, sim, pois, a despeito de ser evitado por marqueteiros de seu afiliado político Antônio Anastasia, que concorre ao governo de Minas, e tendo sido escanteado pela campanha nacional de Geraldo Alckmin, o mineiro recebeu R$ 2 milhões do fundo partidário destinado ao PSDB.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.