Lula desobedece ordem judicial más quer negociar sua prisão neste sábado 7

Publicado em 7 de Abril de 2018

Ex-presidente Lula acena para simpatizantes de uma janela do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do gozando da justiça brasileira. Foto CampoREUTERS/Leonardo Benassatto/Direitos Reservados

O ex-presidente está provando para o Brasil e o mundo, que, seu objetivo era transformar o país em uma Cuba e Venezuela para implantar a ditadura comunista, uma ordem de prisão descumprida é crime para qualquer cidadão, más para esse tipo de condenado porque roubou dinheiro publico tem que ter negociação para ser preso o dia e a hora que ele bem quiser. O Brasil da impunidade está comprovado que as leis brasileiras só funcionam para pequenos.

Os advogados do ex-presidente Lula estão negociando com a Polícia Federal e a Justiça Federal na noite de ontem (6) como deve ocorrer a prisão do ex-presidente. Hoje (7), haverá missa em memória da esposa de Lula, Marisa Letícia, que comemoraria 68 anos na data. Somente após a missa é que a prisão deve ocorrer.

Os diversos apoiadores de Lula que circulam desde ante ontem (5) pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), eles falam sobre a negociação para que a prisão ocorra somente depois da missa.

Eles dizem  ainda que já houve o ato político pelo fato do ex-presidente não ter se apresentado à Polícia Federal dentro do prazo estipulado por Moro. Na ordem de prisão, Moro informou que o ex-presidente poderia se apresentar voluntariamente até às 17h de ontem (6) à Polícia Federal em Curitiba o que não aconteceu.

Mais cedo, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, disse que o ex-presidente Lula “permanecerá junto com a militância” na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP) e que “exerceu a opção” de não se apresentar à Polícia Federal em Curitiba. Ou seja desobediência é crime ou com o PT isso não existe más.

“Eu queria deixar claro que não há por parte do presidente Lula nenhum descumprimento da sentença do mandado de prisão expedido pelo juiz Sérgio Moro. Ele tinha a opção dada pelo juiz de ir até Curitiba. Não exerceu essa opção”, disse Gleisi.

Segundo a senadora ele tinha a opção coisa que ele Lula ingnorou, nesse caso hoje ele pode sim ser considerado desobidiencia  por não ter se entregado e esta amutinado junto com a melancia petista.

Os militantes continuam do lado de fora do sindicato em vigília ate o momento.

“O BRASIL DA IMPUNIDADE DESDE A GESTÃO DO PT”.

 

Da Redação


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.