Cerca de 22 mil brasileiros já trocaram o país por destinos mais seguros

Publicado em 28 de fevereiro de 2018

Bye bye Brasil

Cerca de 22 mil brasileiros deixaram o país no ano passado. O número é quase o dobro de 3 anos atrás e o maior da série histórica. O principal motivo que levar as pesoas  a traçar planos de emigrar do país é a necessidade de encontrar destinos mais seguros, com estabilidade econômica e melhores condições profissionais.

Engavetado

Debatido como uma das grandes iniciativas para o combate à corrupção, o pacote de medidas elaboradas pela equipe da Operação Lava Jato e entregue ao Congresso em 2016 está atualmente parado e com remotíssimas chances de sair do papel em 2018. Batizado de “dez medidas contra a corrupção”, o projeto é uma iniciativa popular originada de uma campanha do Ministério Público Federal e foi apresentado aos deputados em março de 2016, em meio à discussão de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e no auge dos escândalos da Lava Jato envolvendo a classe política.

* Em uma polêmica votação em novembro daquele ano, que se estendeu pela madrugada, a Câmara dos Deputados desfigurou a proposta e, desde então, não houve mais avanços.

Desembarque

De saída do PMDB e com um pé no PP, o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, pré-candidato a governador, foi convidado pelo presidente do PSDB e governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a voltar para o partido.

* Ele pediu uma semana para dar uma resposta.

De volta

Sibá Machado deixará a Secretaria de Indústria e Comércio do Acre para reassumir a cadeira de deputado federal logo depois da Páscoa. O prazo para a desincompatibilização para quem ocupa cargo no governo e pretende postular a reeleição é o dia 7 de abril.

Moisés Diniz, que realizou um excelente trabalho no legislativo federal na condição de suplente, voltará às suas atividades no Estado com a consciência do dever cumprido. Até agora, Diniz não se manifestou sobre o seu futuro político.

Refugiados em Roraima

Uma crise humanitária com sérias implicações sociais e econômicas bate à porta do Brasil, e as autoridades parecem ignorar a dimensão do problema.  Todos os dias cerca de mil venezuelanos chegam a Roraima por Pacaraima.

* Em Boa vista, a capital do estado, 30% dos leitos do maior dentro de saúde da cidade passaram a ser ocupados por venezuelanos.

George na França  

O presidente da CACB, George Pinheiro, embarcou na última sexta-feira para Paris, na França. O dirigente da entidade segue para uma série de compromissos que envolvem assuntos como o 11th World Chambers Congress, o programa AL-Invest 5.0 e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

* A agenda inclui uma reunião na sede da International Chamber of Commerce (ICC),* com Anthony Parkes, diretor da ICC World Chambers Federation (WCF), onde tratarão de assuntos referentes à organização do 11th World Chambers Congress (Congresso Mundial das Câmaras de Comércio), que será realizado no Rio de Janeiro, em 2019. A ICC WCF é a maior representação de Câmaras de Comércio do mundo.

Candidatura de Temer

Embora o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo tenha incluído o nome do presidente Michel Temer em uma lista de políticos inelegíveis em 2016, a situação dele é controversa. Caso leve adiante uma candidatura à reeleição, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai ter que examinar se concede ou não o registro. Temer foi condenado pelo TRE paulista ao pagamento de multa por doação ilegal ao PMDB.

* Para dois ex-ministros do TSE, não está claro se o caso se insere na Lei da Ficha Limpa.

Frase

“Prisão é escritório do crime” – do ministro Raul Jungmann ao ser empossado no Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

 

 

Por: Mariano Maciel


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.