Namorado é morto após pedir namorada em casamento

Publicado em 11 de janeiro de 2016

rubi-3

Ruberlane Bezerra Agripino, de 24 anos, foi presa no ultimo sábado (09) suspeita de ter matado, com um golpe de faca, o namorado Wilson de Barros Sales, 42 anos, logo após ser pedida em casamento. O crime aconteceu no bairro Formoso, no município de Cruzeiro do Sul, distante cerca de 700 km de Rio Branco.
Segundo informações do delegado Elton Futigami, Ruberlane confessou o crime. Ela disse a polícia que não queria casar, pois Wilson já era seu esposo, e já moravam juntos há 4 meses. “Ele (a vítima) queria formalizar a união, mas eu queria deixar como estava”, disse Ruberlene.

Em depoimento, a mãe da acusada, Maria Dacilene Bezerra, 44 anos, disse que eles estavam bebendo em casa desde a noite de sexta-feira (8). Na madrugada de sábado, quando foram para o quarto, começaram a brigar. “Minha filha não aceitava casar e ir morar em Rio Branco. Ouvi três vezes ele pedindo para minha filha matar ele. Ouvi quando ele disse aos gritos: se não quer casar comigo, então me mata”, conta a máe de Ruberlene.

Maria Dacilene disse que quando entrou no quarto para interferir na discussão,encontrou Wilson caído no colchão. “Perguntei por que ela tinha feito aquilo, e ela disse que ele tinha pedido”, conta a mãe. Ao prestar depoimento, a acusada confirmou tudo que a mãe disse à polícia.

Ruberlane foi autuada em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil e encaminhada ao presídio feminino de Cruzeiro do Sul, onde ficará a disposição da justiça.

Com informações do G1-Acre


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.