Brasil: Só a liberdade econômica faz o progresso

Publicado em 12 de janeiro de 2016

Brasil liberdade

Acredito que, até mais pernicioso do que a roubalheira institucionalizada que temos visto desde que o PT tomou de assalto o Brasil, há mais de 12 anos, seja a manipulação criminosa do pensamento de jovens através do sistema de ensino, especialmente nas universidades.  Digo isto em função de que, os recursos desviados pela corrupção poderemos recuperar, mesmo que percamos 20 anos na caminhada para o desenvolvimento, mas o desvirtuamento do pensamento dos jovens poderá nos fazer perder uma geração de mentes promissoras, muitas de forma irrecuperável.

Assim, quando algum jovem entusiasmado lhes disser que a via socialista é o ideal e que o Estado deve tomar coercitivamente os recursos de quem produz para suprir as necessidades de quem não tem capacidade, peça ao jovem para explicar:

Como países miseráveis na década de 60 tornaram-se ricos e elevaram significativamente seu padrão de vida (Cingapura e Hong Kong) a partir de sua abertura de mercado os tornando umas das economias mais liberais;

Por que a China ao se afastar do modelo comunista e liberar a economia engessada desde 1949 (mesmo estando longe de um livre mercado) reduziu como nunca sua taxa de pobreza e sua renda per capita.

Pergunte também por que a taxa de pobreza mundial pela primeira vez na história ficou abaixo de 10%, sendo que os países que mais retardam esta evolução sejam justamente os que mais se afastam do livre mercado, como África e Índia.

Explique-lhe então, que a liberdade gera produção e desenvolvimento, a coerção leva à estagnação e ao acomodamento.

Por fim, apresente-lhes o vídeo criado pelo médico Hans Rosling, que mostra a história do desenvolvimento do planeta nos últimos dois séculos:

Adson Prado


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.