Roraima: HGR terá cirurgias durante a noite

Publicado em 3 de Janeiro de 2015

Medida foi anunciada na noite desta sexta-feira, dia 02, pelo novo secretário de Saúde, para reduzir a longa fila de espera

Foto: Claudinei Sampaio

Foto: Claudinei Sampaio

O secretário de Saúde, Kalil Coelho, anunciou na noite desta sexta-feira, 02, durante inspeção no HGR (Hospital Geral de Roraima), que vai implementar durante a noite o terceiro turno de cirurgias, como medida emergencial para reduzir o tempo de espera dos pacientes.A prioridade, segundo ele, é para as cirurgias ortopédicas, que representam a maior demanda por este tipo de procedimento no Estado. “Os mutirões que vinham sendo realizados eram uma medida paliativa, que não resolve o problema da longa fila de espera. A solução é o terceiro turno de cirurgias”, disse.

Acompanharam a inspeção o secretário-adjunto de Saúde, César Ferreira, o diretor-geral do HGR, Samir Xaud e o ex-governador Neudo Campos (PP). Eles visitaram as instalações do hospital, do Pronto Atendimento Airton Rocha e do Pronto Socorro Francisco Elesbão.

Durante duas horas, ouviram pacientes e servidores, que relataram uma série de problemas na estrutura física da unidade de Saúde, atraso nas cirurgias, demora para avaliação de exames e diagnóstico, além da falta de medicamentos e material médico-hospitalar.

Neudo Campos classificou a situação do maior hospital de Roraima como “caótica” e lamentou que pacientes precisem usar baldes de água nos vasos sanitários pois estão sem caixa de descarga, enquanto existe uma empresa contratada para realizar serviços de manutenção corretiva e conservação predial pelo contrato de R$ 400 mil ao mês, que será revisto.

“São problemas graves, mas que podem ser resolvidos no curto e médio prazos, através de soluções simples e baratas”, analisou.

Neste sábado, dia 03, o secretário de Saúde inspecionará o Hospital de Rorainópolis. Ele levará uma força tarefa para realizar a manutenção necessária para que o atendimento seja restabelecido imediatamente, inclusive com a realização de cirurgias. A unidade de Saúde tem condições de atender uma população de 50 mil habitantes da região Sul do estado.

Fonte: Roraima24horas.com.br


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.