Acre: Governador Sebastião Viana retira gratificação de funcionários do DERACRE

Publicado em 30 de Janeiro de 2015

Da Redação

sebastiao-1

Segundo informações repassadas a redação da Folha do Juruá nesta manhã de Quinta – Feira 29, os funcionários do “DERACRE” foram até o banco como costume receber seus vencimentos e tiveram uma grande surpresa, quando foram informados pelo o Banco, que suas gratificações foram cortada pelo o governador, bastou passar as eleições para que Sebastião Viana reeleito em 2014, cancelasse o pagamento de gratificação dos funcionários do “DERACRE”. Muitos que ali estavam, foram surpreendidos com a notícia. O pior que, a maioria dos funcionários já fizeram alguns empréstimos nos bancos da cidade, contando pagar com essa gratificação que recebiam todos os meses, mas como o governador retirou a gratificação, ficou difícil para que eles pudessem pagar suas dividas junto ao banco ou até mesmo fazer suas feiras do mês como costumes.

Um funcionário que não quis se identifica com medo de perseguição por parte do governo, disse que o atual diretor do “DERACRE”, que fica via Chico Mendes saiu fugido com medo dos funcionários que queriam uma explicação do diretor, um absurdo o governador fazer isso com tantos pais de família ? Fica essa pergunta pra vocês pensarem por que até então nenhum dos funcionários estavam sabendo do fato, hoje a equipe da Folha do Juruá foi procurada por telefone, por alguns funcionários do “DERACRE”, e pedem que as autoridades que representam o povo acreano que nos ajudem, agora querem saber quem foi eleito para nos representar, ate agora nenhum se manifestou sobre o caso inclusive os eleitos que se dizem da oposição.

Já em Cruzeiro do Sul, funcionários já se organizam para paralisar as atividades no “DERACRE” na próxima segunda feira dia (2), segundo as informações que no “DERACRE” de rio Branco vai ser feito um movimento de reivindicação para que o governador resolva essa situação, não temos culpa de terem quebrado o Estado para investir em campanha para se reeleger, não podemos é deixar nossos filhos passar fome por que saquearam os cofres do estado para comprar votos. Concluiu o funcionário.

Segundo relatos de funcionários que recebiam a gratificação chegou a receber R$ 200,00 reais de pagamento, que algo seja feito para amenizar o sofrimento dessa gente, segundo informações existe grande parte de funcionários doentes e a situação pode se agravar ainda mais, pedimos com urgência que alguém tome providencias. Concluiu o funcionário.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.