Nelson Sales quer centros de atenção psicossocial nas principais regiões do Acre

Publicado em 16 de dezembro de 2014

Por: Jorge Natal

nelson sales

O deputado estadual eleito, Nelson Sales (PV), vai lutar para que sejam instalados Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) em todas as regiões do Acre. As unidades de saúde serão especializadas em atender os dependentes de álcool e drogas, dentro das diretrizes determinadas pelo Ministério da Saúde, que tem por base o tratamento do paciente em liberdade, buscando sua reinserção social.

De acordo com a proposta do futuro deputado, o CAPS ofereceria atendimento diário a pacientes que fazem uso prejudicial de álcool e outras drogas, permitindo o planejamento terapêutico dentro de uma perspectiva individualizada de evolução contínua. “O apoio da família é fundamental nesse processo, então, semanalmente, um grupo, formado por psicólogos, realizaria atendimento aos familiares de pacientes, onde serão esclarecidas dúvidas, anseios e dando o suporte que a família necessita”, explicou ele.

Para fazer um tratamento espontâneo de desintoxicação, prosseguiu Sales, as regiões passariam a contar com CAPS AD (álcool e drogas). “O paciente passaria por três fases: intensivo, semi-intensivo e não intensivo. As unidades disponibilizariam médicos psiquiatras, psicólogos, enfermeiro, técnico em enfermagem, assistente social, terapeuta ocupacional, redutores de danos, coordenadores de oficinas e auxiliares”.

Nelson Salesgarante que fará, junto aos ministérios, indicações e gestões para que toda estrutura física seja garantida. “Faremos um hospital em cada uma das três principais regiões do Acre, ou seja, uma no Vale do Acre, outra no Purus e Iaco e a terceira no Alto Acre”.  Os profissionais especializados, ainda segundo a sua proposta, seriam contratados pelo governo estadual. “A saúde é uma das prioridades do nosso mandato”, lembrou o parlamentar, que lutará também pela ampliação do financiamento da saúde pública.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.