Cruzeiro do Sul: Cerca de 4 mil estudantes estão sem rematrícula no Juruá

Publicado em 17 de dezembro de 2014

João Vitor

Aproximadamente 4 mil estudantes da rede estadual de ensino estão até o momento sem suas matrículas e rematrículas efetivadas.

O problema ocorre com as escolas da Diocese de Cruzeiro do Sul conveniadas com o Estado. Segundo informações da própria diocese, o convênio foi substituído por uma subvenção o que resultou em dois anos sem receber recursos para reformas na estrutura das escolas.

As escolas afetadas são: Instituto São José, Divina Providência e Padre Damião em Cruzeiro do Sul, além do Instituto São Francisco de Mâncio Lima e Instituto São José de Tarauacá.

Desde maio, a procuradoria da diocese solicita uma reunião com a SEE sem sucesso.

A preocupação é que com o desgaste das estruturas, possam ocorrer acidentes, como o que resultou em um princípio de incêndio na escola Divina Providência, em outubro. Felizmente não havia ninguém em sala.

A Diocese informa que até o presente momento não houve resposta da SEE para a proposta que foi encaminhada.

Segundo informações da coordenação estadual da SEE, a questão já estaria encaminhada na capital e espera-se uma solução até sexta-feira desta semana.

* Na Foto, João Vitor. Nove anos, estudante do terceiro ano da Escola São José. É um dos 4 mil alunos que ainda não efetuou rematrícula.

Fonte: Blog Terra Náuas


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.