Atriz de Chiquinha revela casos amorosos da viúva de Bolaños “Chaves”; relembre polêmicas

Publicado em 9 de dezembro de 2014

MARIA ANTONIETA DE LAS NIEVES ABRIU O JOGO SOBRE BASTIDORES DE “CHAVES”

chiquinha
Maria Antonieta de las Nieves revelou alguns segredos obscuros da vida de Florinda Meza, em entrevista ao programa de TV peruano “Magaly Medina”, no último sábado (6).

A intérprete da personagem Chiquinha, do seriado “Chaves”, contou que a viúva de Roberto Gómez Bolaños teve um caso com o humorista na época em que ele ainda era casado com Graciela Fernández, sua primeira esposa.

Antonieta disse ter ficado triste quando soube que ela estava sendo traída, pois a considerava uma mulher incrível.

“Para mim, foi muito difícil a relação deles. Cada um faz o que quer da sua vida, o que mais lhe agrada, mas quando machucam uma pessoa que você adora, aí sim, dói, e me doeu muito. Ele não merecia uma mulher maravilhosa, íntegra, supercatólica, amante do marido e dos filhos, uma mulher como ela havia muito poucas”, desabafou.

A apresentadora peruana, então, questionou Chiquinha: “Você quer dizer que Florinda Meza se intrometeu em um casamento, afastou o marido da primeira esposa?” Maria Antonieta de las Nieves foi curta e grossa: “Sim”.

A atriz revelou ainda que Florinda se relacionou com Carlos Villagrán quando ele também era casado, durante as gravações do programa, no início dos anos 1970, e negou que o ator teria brigado com Bolaños por causa dela.”

Foi antes [de Bolaños]. Nunca os vi discutirem por isso, jamais, porque Quico era muito namorador, ainda que ele também estava casado. Já conheci três ou quatro namoradas de Quico, três esposas.”

“Quer dizer que Florinda Meza estava com Carlos Villagrán quando estava casado também?”, perguntou a apresentadora novamente. “Sim”, respondeu a atriz.

E ainda tem mais! Maria Antonieta contou também sobre um terceiro suposto relacionamento de Florinda com o produtor e diretor de “Chaves”, Enrique Segoviano, braço-direito de Bolaños nas gravações.

“Ela também esteve andando com Enrique Segoviano, que era o produtor do programa. Não era casado, era solteiro, mas com ele poderia ter casado”, emendou.

Por fim, Chiquinha disse que Florinda protegia demais Roberto Gómez Bolaños, impedindo qualquer aproximação da imprensa e de ex-integrantes do elenco de “Chaves” em seus últimos dias de vida.

“Que maravilha ter encontrado uma segunda mulher que o queria, mas uma mulher que corta a liberdade do marido para tudo deve ser algo muito difícil”, lamentou.

Recentemente, Rubén Aguirre, o Professor Girafales da série “Chaves”, afirmou que sente pena dos antigos colegas de trabalho, Carlos Villagrán – o Quico – e Maria Antonieta de las Nieves – a Chiquinha -, por continuarem trabalhando apesar da idade avançada.

O ator disparou contra os antigos companheiros em entrevista à rede hispânica “Telemundo”: “Deus me livre [voltar a trabalhar], já estou aposentado. Se meus companheiros seguem trabalhando é porque precisam de dinheiro, algum problema devem ter ou estão acumulando. Mas tenho pena de Maria Antonieta e Quico, que até hoje seguem trabalhando. Algo acontece com eles que não se resignam a dizer ‘acabou’. Seguem, seguem, seguem acumulando para os genros [risos] ou para quem quer que seja. Não entendo isso”, declarou à rede hispânica “Telemundo”.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.