Sistema público de Radio do Acre a oposição nem pagando pode diz ex deputado Luiz Calixto

Publicado em 14 de Janeiro de 2014

Ainda que esta receba tratamento privilegiado na programação jornalistica da emissora na cobertura de suas atividades parlamentares, a deputada federal Perpétua Almeida destinou em 2103 cerca de 10 mil reais de sua verba indenizatória para pagar Fundação Elias Mansour, à qual está subordinada a Rádio Difusora Acreana, pela divulgação de seu mandato.

Os demais deputados e senadores da frente popular nada pagaram e, guardadas as devidas proporções, usaram mais os microfones da emissora do que os próprios locutores.

Da oposição, nem de graça nem pagando os parlamentares receberam o tratamento que deveria ser prestado por uma emissora pública.

De outro lado, o deputado federal e Primeiro- Secretário da Câmara, Márcio Bittar, aplicou cerca de 180 mil reais de sua verba para pagar a empresa Lima e Santiago Ltda, sediada em Brasilia, que, entre outras atividades, também vende produtos de limpeza, para promover suas ações parlamentares.

Abaixo imagens de gastos mensais da verba indenizatória extraídas do portal da Câmara dos Deputados.

difusora do Acre

difusora do Acre-2


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.