O pacto de Cuba com traficantes de cocaína

Publicado em 30 de janeiro de 2014

Da Redação  folhadojurua.com.br

fidel-620x400

Para não quebrar, sob a perestroika de Gorbachev, a ilha de Fidel Castro negociou com Pablo Escobar. O comércio só ruiu quando os EUA descobriram que Cuba era um entreposto da cocaína do Cartel de Medellín

Agora entendem porque o Brasil esta evoluindo cada vez mais no consumo e uso de drogas, e porque combatem tanto a PM e querem desmilitariza-la ? Não precisa ser nenhum gênio. O legado de Pablo Escobar ficou para as FARC, que atualmente controla o narcotráfico na América Latina, sob a anuência de todos presidentes latino americanos. Para os comunistas só interessa o poder, e é muito mais interessante governar pelo caos, assim a sociedade trabalhadora fica em pânico, amedrontada e eles vão lhe tirando cada vez mais a liberdade com a desculpa que é para sua segurança, mas que na prática nada é feito para lhes propiciar tal segurança. O objetivo é só de controlar os idiotas úteis e cobrar impostos para manterem sua luxúria e ostentação capitalista.

É justamente daí que nasce o ódio mortal dos esquerdistas contra os EUA, justamente porque eles combatem o narcotráfico.

Ficou bem claro porque combatem tanto o imperialismo americano ? Será que preciso desenhar ?.

Fonte: Revitabula


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.