Decepção e vergonha de ver a politica do Acre e do Brasil

Publicado em 6 de janeiro de 2014

Da Redação folhadojurua.com.br

bandeira do Brasil-1

Independente de qual sua posição política e partidos é impossível não ter ouvido algo sobre a bagunça que tomou conta deste estado Acre e do País.

Um dos grandes inconvenientes de morar no Acre e no Brasil é sentir vergonha sempre que abre um jornal, ou um Site de noticias. E vê matérias endeusando um governo que defende corrupção como o G-7, e um presidente que saiu como um dos governos mais corrupto do Brasil, e vê um povo que recebe uma miserável esmola continuar se enganando votando em quem está ai querendo se perpetuar no governo.

Como é o caso dos Viana no estado do Acre, e olhar todos os dia que a corrupção sangra este estado e o PAÍS, e ver que o mesmo povo que hoje critica continua votando nos mesmos candidatos, que não são mais políticos, agora são profissionais da política.

Vergonha de ver propagandas enganosas na televisão mostrando uma mentira atrás da outras, maquiando a verdade, tentando vender uma mentira, e saber que a maioria do povo acredita veementemente em tudo que ali é mostrado, pago com nosso dinheiro.

Vergonha de saber que uma copa do mundo está levando o povo a delírio, vergonha de ver hospitais abandonados, como é o casso do nosso Acre e o vale do Juruá, salas de aulas aos pedaços, policiais e bombeiros sendo esquecidos, por que não têm direitos a reclamar ou lutar por melhores dias, porque o governador do estado manda por na cadeia, vergonha de tudo o que acontece neste Brasil onde os corruptos continuam no poder, porque uma grande parcela do povo brasileiro não quer enxergar a verdadeira face dos que elegemos de quatro em quatro anos, e depois vamos para as ruas gritar com indignação contra os mesmos que colocamos no poder.

Vergonha de ver um pai de família se humilhando pedindo que seu filho seja atendido nos hospitais, que o governo insiste em dizer que reformou e que tem vários médicos, por seis horas e não sendo ouvido, enquanto um político corrupto é levado a um hospital particular e tratado como um deus, e pasmem é nosso dinheiro que paga.

Vergonha de ver os filhos destes que elegemos estudarem em escolas privadas e até fora do país paga com o nosso dinheiro, e os nossos não ter os mesmos privilegio que os filhos desses canalhas tem.

Vergonha de ver que professores médicos, policiais e bombeiros não serem valorizados como deveriam por um governo que está mais interessado em trazer médicos de fora do Brasil, que segundo diz a imprensa que muitos nem formados são, duvido que queiram atacar os problemas que estão nas estruturas físicas, só está faltando trazer professores, policiais e bombeiros de outros países para ser escravo neste Pais.

Vergonha de quando você cai de carro num buraco, que não devia estar ali, mas está, porque a camada de asfalto contratada e paga com o seu dinheiro foi na verdade embolsada pela máfia do asfalto, e o que foi colocado é 1/5 do licitado, como é o caso do ruas do povo no Acre e da BR-364 de Rio Branco a Cruzeiro do Sul, você sente vergonha. Quando se depara com a realidade dos hospitais degradados, pobres sofrendo, a falta de moradia, a sujeira, a miséria intelectual que graça galopante e sem fronteiras pelo os estados do país, você sente uma vergonha tremenda.

Vergonha de quando liga uma televisão é escândalo em cima de escândalo, e os calhordas rindo e dizendo que tudo isso é coisa de oposição.

Vergonha de ver que o povo já ficou anestesiado e nem liga mais quando surge uma notícia de deputado levando grana. Dinheiro na cueca troca de interesses, verbas milionárias para estádio de futebol como é o caso do Arena do Juruá em Cruzeiro do Sul, licitações estranhas, relações suspeitas entre o poder público e o setor privado.

Então posso dizer que. A vergonha é quase uma sensação uni presente para quem tem um mínimo de esclarecimento neste estado e no país.

Vergonha de ver negociatas, maracutaias, benefícios, prerrogativas como é esse governo do PT no Acre e no Brasil, não acredito em situação e nem em oposição porque essa mesma não existe no Acre e muito menos no Brasil tudo é farinha do mesmo saco…

De Edilberto Araujo.

 


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.