Cantor-Morte: Nelson Ned Morre aos 66 anos em SP

Publicado em 5 de janeiro de 2014

Da Redação folhadojurua.com.br

nelson Ned-4

SÃO PAULO, SP, 5 de janeiro. O cantor Nelson Ned morreu na manhã de hoje, aos 66 anos, devido a complicações de um quadro de pneumonia que o levou a ser internado no Hospital Regional de Cotia ontem.

A informação de sua morte foi confirmada pela assessoria do hospital.

No sábado, ele havia dado entrada na instituição com um quadro de infecção respiratória aguda, pneumonia e problemas na bexiga.

Desde o último dia 24 de dezembro, Ned estava registrado na casa de repouso Recanto São Camilo, na Granja Viana, onde recebia diariamente a visita de uma irmã e do cunhado.

Foi na casa de repouso que a ambulância o socorreu, rumo ao hospital.

Carreira

Nelson Ned nasceu em Ubá, em Minas Gerais, em 2 de março de 1947.

Nos anos 60, iniciou carreira e gravou discos que repercutiram, inclusive, na América Latina.

Seu maior sucesso é a canção “Tudo Passará”, de 1969. Essa música teve mais de 40 regravações. Em 1996, Ned lançou a biografia “O Pequeno Gigante da Canção”, referência à sua condição de anão. Ele media 1,12 m de altura. O artista sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em 2003.

Como consequência do AVC, perdeu a visão de um olho e precisou se locomover com a ajuda de uma cadeira de rodas, além de enfrentar diabetes, hipertensão arterial e foi diagnosticado também com mal de Alzheimer em fase inicial.

Jerry Adriani

Apesar de muito tempo sem ver o cantor e compositor, Jerry se lembra com carinho dos momentos que passou ao lado de Nelson Ned e da última vez que o encontrou.

— Nós nos encontrávamos em programas de televisão e festivais. Ele era um sujeito muito feliz, muito cheio de vida. Sempre que nos encontrávamos, eu brincava com ele e o pegava no colo. Mas da última vez ele já estava bastante abatido e o encontro não foi tão alegre. Deve fazer mais de 10 anos, foi em um aeroporto e ele já estava com complicações na visão.

O cantor comentou ainda sobre o legado que Nelson deixa para a música popular brasileira, que, para ele, vai muito além das melodias que são classificadas como tais.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.