SINDICATOS APRESENTAM CONDIÇÕES PARA NÃO REALIZAREM PROTESTOS DURANTE VISITA DE DILMA A RONDÔNIA

Publicado em 3 de dezembro de 2013

Representantes dos cinco maiores sindicatos de Rondônia e a CUT divulgaram carta aberta nesta terça-feira apresentando considerações sobre a vinda da presidente Dilma Roussef a Rondônia nos próximos dias. Sinsepol, Sintec, Singeperon, Sintero, Sinsepol, Sindsaúde e CUT deixaram claro que se não houver esforços do Governo Federal para a efetivação da Transposição, os protestos de milhares de servidores serão inevitáveis. O constrangimento, garantem Sinsepol, Sintec, Singeperon, Sintero, Sinsepol, Sindsaúde e CUT, pode ser evitado com o cumprimento das promessas feitas pela presidente em julho de 2011, quando deu boas vindas aos futuros servidores federais.

Os sindicatos aguardam uma boa notícia na visita de Dilma: a conclusão dos trabalhos do Ministério do Planejamento, que está emperrado na burocracia de Brasília. Apenas 33 servidores foram efetivados com a Transposição. Confira:

Fonte: Roniagora


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.