Parabéns! Silvio Santos comemorou 83 anos com título de maior personalidade do Brasil

Publicado em 15 de dezembro de 2013

Da Redação folhadojurua.com.br com informações Famosidades

Relembre a carreira de Homem do Baú!

Silvio Santos-1

Na quinta-feira (12), o maior comunicador brasileiro, Silvio Santos, comemora 83 anos de vida. Apesar de estar há muitos anos em frente às câmeras, o apresentador vem conquistando cada vez mais fãs, graças ao seu carisma e sua espontaneidade.

E para celebrar o aniversário do Homem do Baú, fizemos vários textos  com os momentos mais marcantes da trajetória do Sr. Abravanel (e as gafes também!).

Relembre!

Filho de pai grego e mãe turca, ambos judeus, Silvio Santos, cujo nome real é Senor Abravanel, nasceu no bairro da Lapa, região central do Rio de Janeiro.

Aos 14 anos, o jovem começou a trabalhar como camelô ao lado de seu irmão, Leon, e um sobrinho de Adolpho Bloch. O grupo aproveitou o período de redemocratização do Brasil após a ditadura para vender capas para títulos de eleitor.

Um fiscal de posturas da prefeitura carioca, percebendo que Silvio possuía muito talento vocal, o convidou para fazer um teste na Rádio Guanabara (atual Rádio Bandeirantes do Rio de Janeiro).

A criatividade sempre foi uma das características marcantes de Silvio. Percebendo que as viagens das barcas Rio-Niterói eram muito monótonas, ele decidiu montar um serviço de alto-falantes nas embarcações. Nos intervalos das músicas, Silvio fazia anúncios de produtos, Sua carreira artística começou em 1952, quando fez teste na Rádio Guanabara. Ele concorria com outros 300 candidatos, entre eles o humorista Chico Anysio.

Sua estreia na televisão aconteceu apenas em 1961, na antiga TV Paulista, mais tarde chamada de TV Globo de São Paulo.  Na televisão, Silvio se destacou adaptando formatos de shows, espetáculos e sorteios.

Seu primeiro programa, ‘Vamos Brincar de Forca’, estreou em 1962. Em 1964, ele passou a comandar sua atração aos domingos, das 12h às 14h. No decorrer dos anos, o formato seria expandido no ‘Programa Silvio Santos’, Durante 12 anos o comunicador foi líder absoluto da preferência do público, só perdendo no Ibope para a transmissão da chegada do homem à Lua, Silvio Santos conseguiu sua primeira concessão de televisão em 1975.

Apenas em 1981, no governo do general João Baptista Figueiredo, Silvo ganhou a concessão da falida TV Tupi e formou o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). A emissora logo ocupou a segunda posição entre as redes de TV aberta no país. No palco de seu programa, Silvio já recebeu grandes personalidades, dentre elas o apresentador Jô Soares, que hoje tem um programa na concorrente TV Globo.

No começo da carreira, Silvio escondia a mulher e as filhas, Cíntia e Silvia, para manter as fãs interessadas nele. Depois da morte da primeira esposa, Cidinha, vítima de um câncer em 1976, o comunicador admitiu ter mentido a respeito de seu estado civil e declarou ter feito tudo isso por imaturidade.

Em 1978, Silvio se casou com a empresária Íris Abravanel, com quem teve Daniela, Patrícia, Rebeca e Renata.

Silvio já superou diversos problemas de saúde. Ele era alérgico a perfume e, por isso, pessoas perfumadas não podiam entrar no palco. O apresentador conseguiu se curar com um tratamento de vacinas.  O apresentador também já foi diagnosticado com um tumor benigno na pálpebra.

Em 1987, Silvio também foi acometido por um problema grave nas cordas vocais e quase teve que abandonar a carreira por causa da rouquidão. Dois anos depois ele superou a doença após uma cirurgia.  A vida de Silvio também teve suas polêmicas. Em julho de 2003, enquanto estava em férias na cidade de Orlando, na Flórida, o comunicador concedeu uma entrevista à revista ‘Contigo!’, revelou que possuía uma doença terminal e que restavam-lhe apenas seis anos de vida. O veterano disse ainda que havia vendido o SBT para um consórcio formado por Boni e pela rede mexicana Televisa.

Em 21 de agosto de 2001, uma das filhas de Silvio, Patrícia Abravanel, foi sequestrada na porta da própria casa, no Morumbi, em São Paulo. Após dias de negociação, o resgate foi pago e Patrícia foi libertada. O sequestrador Fernando Dutra Pinto acabou sendo perseguido pela polícia e matou a tiros dois policiais. Sem ter para onde ir, o criminoso invadiu a casa de Silvio, no dia 30 de agosto. O rapaz manteve o comunicador e toda sua família como reféns. Persuasivo, o Homem do Baú conseguiu convencer o rapaz a libertar as outras pessoas e seguiu em cativeiro em sua própria casa durante sete horas. Fernando só se entregou com a chegada do governador Geraldo Alckmin, que garantiu sua integridade física

Alguns dias mais tarde, ele desmentiu as declarações e admitiu que tudo não passou de uma brincadeira


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.