Novas jornadas.

Publicado em 1 de dezembro de 2013

MarydoRap

marydorap@hotmail.com

Mary do Rap-1

Todos nós viemos a este mundo com uma incumbência, a determinação. Mas é claro para que esta se manifeste precisamos alicerces. Precisamos de uma imensidão de coisas, coisas que nos levem a qualquer todo e qualquer lugar, e para que nos seja dado esta passagem temos que unir a nossa vida a confiança, amizades boas,sonhos,direitos, deveres enfim tudo que incitará

nossa caminhada, para fugir do sedentarismo e ir atráz da felicidade, se possível for.

Mas tudo que se escreve nem sempre é na mesma linha, e nem sempre é pensando em todos. Pois para os portadorees de deficiência diariamente é fato que a vida nas ruas, em alguns transportes coletivos urbanos, em todo este contexto das grandes cidades com seus passantes, suas tabuletas e fachadas não apontam com a demasiada importancia esta questão. A questão dos pdf.

A nossa vida sempre abarrotada deixa a desejar, pois falta a consciencia e o verdadeiro conhecimento da natureza humana. Falta a sabedoria de ajudar o próximo esta seria uma das grandes investidas do mundo. Esta é a forma que dá a experiencia e a alternativa de mais esperança.

Então achar soluções que nos alie ao aperfeiçoamento, soluções que convertan-se a exatidão das leis e integrem realmente uma nova sociedade mais humana e sem a escravidão das causas divididas. Isto se intitula a laços fortes( e interesse de nossos governantes),que busquem e tragam solução satisfatória, abrindo o caminho para os pdf para que possam fazer tudo que necessitam, quando tem a convicção disto, e não se encontrem sempre com os corredores da vida fechados e impossibilitados pelas diferenças esta diversidade de preconceito ladeiras e tempos de descontentamento.

Manifestos e reinvidicações como o dia do pdf são necessarios para mudar as mentes, estabelecer ordens, dando oportunidade a todo o cidadão, com programas de reforma, abrindo novos espaços,que sustentem e demonstrem que o previlégio de ir e vir não voga só para alguns e outros são desconsiderados, ignorados tendo que viver a distância e a condicionamentos que não cabem mais a nossa tão falada modernidade.Então, onde estaria a modernidade nestas casos ? Onde estão as conquistas que estimulam e processam tranquilidade a todos os cidadãos?

O objetivo desta luta de hoje é ampliar, reiterar princípios, e melhorar as estruturas das grandes cidades, para que estas pessoas possam garantir o desempenho de todas as suas tarefas como trabalho, lazer etc… Sem senti-se rejeitados e esquecidos por uma sociedade que não lhes oferece confiança para viver bem e com dignidade.

Por:Mary do Rap


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.