NO LIMITE DO DESESPERO

Publicado em 22 de dezembro de 2013

Da Redação fonte Luiz Calixto

onde esta o dinheiro

O Ministério Publico Estadual, o Ministério Público do Trabalho e a Delegacia Regional do Trabalho, ou quem de direito, deveriam passar um pente fino nessas empresas que terceirizam serviços e empregados para o governo do petista Tião Viana.

A situação é desesperadora.

Algumas dessas empresas estão com o pagamento dos salários atrasados há mais de 3 meses e nenhuma delas quitou a primeira parcela do 13 salário prevista de fevereiro até o final do mês de novembro.

Ameaçados, e com medo de perderem o emprego num estado onde as oportunidade são escassas e seletivas, os empregados se calam.

A fiscalização é bem simples e as instituições não devem esperar por uma denúncia formal de um para agirem. Pelo número de terceirizados o caso mais grave é verificado na Secretária de Educação.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.