Márcio Bittar(PSDB) e Gladson Cameli(PP) começam a despontar como favoritos ao governo e ao senado em 2014.

Publicado em 10 de dezembro de 2013

Marlus Ferreira

[email protected]

coluna marlus

Fortíssimos em 2014

* É inegável por todos, até mesmo pela FPA que o deputado federal Márcio Bittar(PSDB) e Gladson Cameli(PP) serão os favoritos em 2014 aos cargos de governador e senador. Poderão até não se elegerem, mais com o trabalho realizado pelos dois, uma estrutura de campanha poderosa, aliados fortíssimos em todos os municípios, principalmente no Juruá, com certeza poderão ganhar a eleição em 2014. Acabando com a hegemonia da FPA.

Contraditório

* Apesar de alguns jornais ligados ao governo estarem divulgando que o atual governador está bem politicamente em todos os município do Acre, não é o que se vê na realidade. Em uma recente viagem feita por este colunista de Cruzeiro do Sul até Placido de Castro, o que vi no semblante e nas palavras da população é um sentimento de rejeição de mais de 70% em relação administração do atual governador.

Turbulência democrata

* Após a impensada colocação do senador Sergio Petecão(PSD) em falar que somente ele tem estrutura de campanha para 2014, causou o inicio de uma crise entre DEM, PSD e PV. O que se percebe no dia a dia é que este bloco não se susterá até as convenções.

Bocalom Perdido

* Tião Bocalom já começa a dá indícios de uma possível candidatura ao senado. Se isso for a decisão futura de Bocalom, terá uma chance minima de vitória. Afinal irá enfrentar o deputado federal Gladson Cameli (PP).

Sensato

* O caminho mais sensato para Bocalom seria uma aliança com o G8 de Márcio Bittar e companhia, para tentar uma vaga de federal. O que no cenário de hoje também não será fácil.

Candidato a reeleição

* O deputado Jonas Lima (PT) após repensar sua decisão de não ser candidato a reeleição para assembléia legislativa, confirmou ontem a essa coluna que será sim candidato a pedido de seus eleitores.

Ildalina de volta

* Se confirmada as informações que a ex-deputada estadual Idalina Onofre (PPS) concorrerá a uma vaga na assembléia legislativa em 2014, muitos pré-candidatos do Juruá terão problemas pela frente.

Queimando o novo

* Caso haja uma nova eleição em Cruzeiro do Sul, o PT poderá lançar o jovem Marcelo Siqueira (PT) para a disputa. No entanto arriscará em queimar o futuro político do jovem promissor. Com a rejeição da FPA em Cruzeiro do Sul, devido as perseguições ao prefeito Vagner Sales, será quase impossível derrotar um candidato apoiado pela família Sales.

Bagunça geral

* A situação da administração municipal em Tarauacá se transformou numa verdadeira bagunça sem precedentes. A população tarauacaense não aguenta mais vê a situação calamitosa do Município.

Discórdias na FPA

* As últimas brigas internas dentro da FPA está causando um prejuízo a reeleição de Tião Viana (PT) maior do que se imaginava. É comum ouvir petistas dizendo aos quatro cantos que chegou o fim do império petista, é só questão de tempo.

Jogo duplo

* Ao dizer no Acre que é a favor do voto aberto, e em Brasilia dizer que é contra, o senador Jorge Viana mostra para população do Acre que faz jogo duplo para agradar a todos.

 

Um abraço para meu amigo Ray Melo

Fone para sugestões e informações – 9994-7164


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.