Major Rocha (PSDB) propõe requerimento na Aleac para apuração de possíveis irregularidades

Publicado em 3 de dezembro de 2013

Saimo Martins

saimomartins@gmail.com

rocha psdb

O deputado Major Rocha (PSDB) usou na tribuna da Aleac, na manhã desta terça-feira (3), e propôs um requerimento pedindo a presença do secretário de Segurança, Ildo Renir, o secretário de Polícia Civil, Emylson Farias e o comandante da Polícia Militar do Acre, para esclarecer a quebra de segredo de Justiça na prisão dos 11 policiais militares acusados na ultima semana.

O deputado tucano novamente falou sobresupostas irregularidades no inquérito que apura o caso. “Só dois policiais foram ouvidos. Eles também tiveram a vida exposta à sociedade, mesmo com o inquérito correndo em segredo de Justiça. Isso é crime”, relatou Rocha.

Rocha relatou uma lista de 25 policiais militares assassinados nos últimos anos. “Nenhum dos criminosos que mataram estes policiais recebeu a devida punição. Estão tentando transformar um criminoso, em um segundo Amarildo”, frisou.

Outra denúncia do militatucanorseria em relação ao delegado Robert Alencar. “Não é retaliação, mas o serviço de inteligência tem três relatórios apontando o envolvimento do delegado Robert Alencar, com diversos crimes, inclusive, com quadrilha”, conclui o Major.

 


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.