Jornalista Ezí Melo comete suicídio aos 44 anos e deixa esposa com três filhas

Publicado em 7 de dezembro de 2013

Saimo Martins

saimomartins@gmail.com

ezi

Ezi Melo de 44 anos, jornalista, natural do vale do Juruá em cruzeiro do sul, morreu na manhã deste sábado-7. Por volta das 8 horas da manhã no bairro tucumã  na capital Rio Branco Acre.

Os motivos que levaram Melo ao suicídio ainda não se sabe ao certo, porém, noticias dão conta de que após o acidente de trânsito, Melo se afastou das redações. Pela manhã de hoje (07/12) ele optou pelo enforcamento no quintal de sua própria casa no bairro tucumã em Rio Branco.

O Jornalista enfrentava problemas de saúde, depois de se envolver em um acidente de automóvel em 2011, aonde teve que se afastar das redações dos jornais.

Pelas redes sócias, varias são as manifestações de carinho ao jornalista. Stael Maia, diz, “minha ficha ainda não caiu..Ezí Melo foi uma das figuras lendárias que a Ufac me proporcionou conhecer, vai com Deus “, diz.

A professora Aleta Dreves que se encontra fora do estado em estudos também deixou sua mensagem de solidariedade.

“Estou em choque, Ezí nego véio, justo você que eu sempre brinquei ter 7 vidas, Deus te deu várias oportunidades e vc não aguentou amigo … Que Deus te conforte onde estiver, estarei sempre rezando por vc. Que Deus de força para sua família”, destacou em seu perfil.

Um pouco da História de Ezi Melo

O jornalista cruzeirense trabalhou por mais de 30 anos no jornalismo acreano .Ezi trabalhou em todos os veículos de comunicação, além de ter prestado serviço de assessoria aos deputados e vereadores, como Flaviano Melo e Eliane Sinhazique (PMDB).

Ezí estudava jornalismo na Universidade Federal do Acre (Ufac) aonde iniciou em 2007, porem, faltava a defesa de monografia.

Melo deixa sua esposa, Carmes Vicente, e três filhas. O velório do jornalista ocorre a parti das 14 horas na capela São João Batista.

 

Sinjac envia nota de pesar:

NOTA DE PESAR

A Junta Governativa Provisória do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Acre recebeu com grande pesar a notícia da morte do jornalista Ezí Melo.

Ezí foi um dos personagens do jornalismo acreano, tendo trabalhado em todos os veículos de comunicação do Estado e realizado assessoria de imprensa a vários órgãos e instituições.

Vitimado por acidentes de trânsito que o afastaram das redações, Ezí faleceu na manhã deste sábado, 7, em sua residência.

Aos seus familiares, nossos sinceros sentimentos e que Deus abençoe a todos com paz e fé, para superar este momento de perda.

Rio Branco, 7 de dezembro de 2013.

Junta Governativa Provisória

 

 


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.