Grande nome da politica do estado de Roraima é acusado de fazer farra com dinheiro do contribuinte

Publicado em 23 de dezembro de 2013

Da Redação folhadojurua.com.br

A vaidade dos politicos

A região norte do Brasil, Roraima, Acre e Amapá,  é  uma área que tem o maior potencial de riqueza da floresta Amazônica, mas infelizmente seus representantes sucateia e torna quase uma da mais pobre do Brasil, políticos que deveria zelar pelo o crescimento da região faz farra com o dinheiro do contribuinte.

É o caso de Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR). Em julho de 2012, o senador apresentou quatro notas da Semalo Combustíveis que somaram R$ 36.673. As notas foram emitidas nos dias 17, 30 e 31 (duas delas). E não são gastos cumulativos, já que nos meses anteriores e posteriores o senador também gastou bastante em combustível, embora não em valores tão significativos.

A reportagem folhadojurua.com.br encontrou casos de senadores que, com o dinheiro da verba, utilizam aeronaves particulares para ir a outros estados — o que é proibido, pois o recurso é para uso no estado de origem — e quem supostamente aluga três veículos de uma concessionária que só vende carros novos ou seminovos. A prestação de contas também deixa clara a predileção de certos parlamentares por hotéis de luxo fora de seu domicílio. Foram identificados casos de senadores que passaram o fim de semana no Rio hospedados no Copacabana Palace, ou em São Paulo, no sofisticado Emiliano.

MOZARILDO CAVALCANTI (PTB-RR) – Gastou R$ 71.566 com hospedagem, várias vezes, nos hotéis Copacabana Palace (Rio), Blue Tree (SP) e Brasilton Belém.

Já no quesito gastos com verba pública (via indenizatória), Mozarildo Cavalcanti, famoso pelos restaurantes refinados e hotéis de luxo em que o contribuinte é que banca para ele singelamente se alimentar e hospedar, continua sendo o maior destaque e puro orgulho para sua família e seus correligionários.

No Acre o ex senador e atual governador, o contribuinte pagou a conta de um celular usado por sua filha, segundo noticias publicadas nos meios de comunicação do Acre, o atual senador Jorge Viana e ex governador do Acre, foi vinculado matéria dando conta que ele superfaturou a compra de um helicóptero do estado, o helicóptero comprado em 2008, da Helicópteros do Brasil S/A (Helibras), através de uma negociação de Jorge Viana (PT), que à época presidia o conselho de administração da empresa. A aeronave foi comprada na administração do ex-governador Binho Marques (PT), custando R$ 9,2 milhões, aos cofres públicos.

O site Diário do Poder, publicação online que mostra os bastidores da política em Brasília, afirma que senador Jorge Viana (PT-AC) e mais quatro senadores ( Jarbas Vasconcelos, Aloysio Nunes, Luiz Henriquee Lidice da Mata) fizeram questão de levar R$ 9.097,92 de dinheiro público , cada um, para pagar as despesas com as nove diárias na Europa, em missão oficial na República Tcheca.

Um dos gastos realizados pelos senadores na Europa, foi o almoço regado a taças de vinho no requintado Terasa U Zlaté studn?, em Praga, um dos restaurantes mais caros da região.

De acordo com o site, na soma, o rombo com o passeio oficial dos parlamentares aos cofres públicos é de R$ 45,4 mil. O Diário do Poder teve acesso a informação que só haviam brasileiros no almoço

Roraima vive em um caos da segurança, desemprego, e em especial a Saúde, enquanto a grande maioria faz farra com o dinheiro público, quando deveria buscar meios para melhorar a vida de sua população, o Acre não é diferente, estalou se uma ditadura politica e corrupção G-7, segundo diz uma pesquisa que o governo foi avaliado em 70% como bom e o terceiro melhor do Brasil, quando se sabe que só pode ser pesquisa encomendada, acorda Roraima, Acre e Amapá se não pode ser tarde de mais para esse povo sofrido e sugado pelo os politicos


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.