Élson Santiago (PEN) exalta empenho de Sebastião Viana para garantir exploração de gás e petróleo no Juruá

Publicado em 3 de dezembro de 2013

sant

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Elson Santiago (PEN), usou a tribuna nesta terça-feira, 3, para comemorar o retorno das pesquisas da Petrobrás no Alto Juruá. Élson lembrou que quando ainda era um menino, nos anos 50, a empresa já esteve por três anos na Serra do Moa perfurando o solo em busca de petróleo e, agora ela retorna com a mesma missão, mas com novas tecnologias. Ele fez questão de lembrar o esforço e a dedicação do governador Tião Viana.

“Graças a Deus o destino nos colocou numa situação em que, passados mais de 50 anos, eu tive o privilégio de participar do leilão no qual a Petrobras arrematou o direito de prosseguir nas suas pesquisas. Acompanhei o governador Tião Viana neste fato histórico para a economia e o desenvolvimento do Acre”, destacou.

“E com muita alegria venho à tribuna trazer esta notícia. A Petrobras assumiu o compromisso de, nos próximos cinco anos, realizar o aprofundamento dos estudos e iniciar efetivamente a exploração de petróleo e gás no nosso Estado, bem na fronteira do Acre com o Peru, no Alto Juruá. Ali, do lado peruano, já tem uma exploração de muito tempo. Essa exploração peruana é bem sucedida e tem pelo menos 20 poços na região do departamento de Ucayali, na cidade de Pucallpa, bem colado a Cruzeiro do Sul”, frisa.

O deputado salientou que a Petrobras vai investir, inicialmente, R$ 12 milhões, o que representa um incremento fantástico no desenvolvimento de serviços, na indústria e no comércio do Acre. “E um detalhe importante: a Petrobras será obrigada a trabalhar pelo menos 70% dos investimentos com empresas nacionais, incluindo as da região”, observou.

Elson disse que a comitiva do Acre, liderada pelo governador Tião Viana e formada por políticos, secretários de governo e empresários, deixou o Rio de Janeiro satisfeita com o retorno da Petrobras ao trabalho de exploração de gás natural convencional e petróleo em terras acreanas.

De acordo com ele, o governador não cansa de afirmar que “todos os estudos feitos por empresas contratadas pela ANP mostram evidências muito fortes de que o Acre pode ser uma grande reserva de petróleo e gás no Brasil.”

“Este é um momento histórico para o Acre, pois marca uma nova fronteira econômica que está chegando, tornando-se cada vez mais real, como bem frisou o governador. Este projeto vai dar certo, tenham os senhores certeza disso, a partir de agora teremos uma nova identidade econômica”. Finalizou o presidente.

Da assessoria

 


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.