Cresce o número de decepcionados com o Partido dos Trabalhadores (PT)

Publicado em 30 de dezembro de 2013

Da Redação folhadojurua.com.br

Bandeiras-PT-e-Foice-e-Martelo

Cresce o número dos que se dizem decepcionados com o Partido dos Trabalhadores. As manifestações de rua e as páginas dos jornais o atestam com exuberância. O PT do Mensalão, da introdução da Venezuela no Mercosul e das capitulações diante de Evo Morales ter-se-ia tornado fisiológico, oportunista, enganador e, ademais, só preocupado com o avanço da esquerda no mundo, pouco ligando para o interesse público.

Uma decepção inteiramente explicável, mas que repousa sobre um equívoco, a respeito do qual queremos tratar aqui.

O equívoco consiste em achar que houve uma mudança no PT. Não, não houve. O PT nunca foi aquele partido idealista, impoluto, voltado para o bem do País, que a propaganda anunciava. Aqui reside o engano. Explico-me.

Desde sua origem o PT sofre forte influência marxista, que lhe vem tanto da esquerda católica quanto da esquerda leiga que o constituíram. O PT não é nem nunca foi um partido criado para resolver os problemas da vida presente; pelo contrário, seu objetivo é conformar a sociedade e o Estado segundo os ditames teóricos traçados no século XIX por Marx e seus sequazes. Suas ideias sobre a pobreza, a luta de classes, as desigualdades, e tantas outras, recendem ao marxismo mais transato.

Coerente com a doutrina marxista existe a moral marxista – na realidade, a não moral ou imoral – segundo a qual é bom tudo que ajuda a implantar o socialismo, e mau o que impede ou dificulta sua implantação. Apropriar-se dos bens públicos será bom se ajudar a socialização, e manter a palavra dada ou desmenti-la se fará na medida em que favorecer a causa. Perseguir alguém ou favorecê-lo independe de seus méritos pessoais, o importante é saber o que convém mais à causa.

Eu penso que todos somos trabalhadores. Ao surgir esse partido dei

um voto de confiança, elogiei e critiquei quando necessário. Ao passar o tempo revelou-se a verdadeira face e intenções desses que hoje estão no poder. É lamentável assistir a derrocada de uma nação como a brasileira, essa gente está levando o BRASIL à falência financeira, moral e ética. A cada dia que passa mais tenho saudade dos nossos generais, até hoje me lembro do “plante que o JOÃO garante”, na minha opinião o governante que alavancou e se preocupou em desenvolver o agronegócio brasileiro, enchendo as panelas do povo trabalhador com os alimentos aqui mesmo plantados e colhidos, MAIS, havia trabalho digno ,renda, escolas, universidades para todos, bastava somente querer progredir.Hoje vivemos num estado de terrorismo, estamos entregues as variadas formas de bandidagem á partir da corrupção declaradamente e descaradamente estalada na capital federal.

Sempre lembrando que comunismo e miséria andam de mãos dadas. Assim é hoje o PT no Brasil.

 


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.