Candidatura de Márcio Bittar(PSDB) ganhará adesão de mais três partidos, entre eles o PSC de Antônia Lúcia

Publicado em 6 de dezembro de 2013

Marlus Ferreira

[email protected]

coluna marlus

Mais força

* A candidatura do deputado federal Márcio Bittar (PSDB) ao governo em 2014 ganhará nos próximos dias a adesão de mais três partidos entre eles o PSC da deputada federal Antônia Lúcia(PSC), que caiu na real e sentiu que não consegue se reeleger no bloco de Bocalom (DEM)e Sergio Petecão (PSD). O deputado Márcio Bittar (PSDB) pode até ter sumido do Acre por alguns dias, mas não deixou de fortalecer sua candidatura.

Enfraquecendo

* Com a saída da deputada federal Antônia Lúcia (PSC) do bloco e o possível recuo do senador Sergio Petecão em relação ao apoio a Tião Bocalom, não se sustentará a candidatura nem de Henrique Afonso e nem de Tião Bocalom.

Pra piorar

* Para complicar mais as coisas para Tião Bocalom, sua confirmação de apoio há um candidato paraquedista, ascendeu a luz vermelha no PV de Henrique Afonso.

Final das contas

* Pode esperar. A candidatura de Tião Bocalom tende a cada dia naufragar, sem Antônia Lúcia, Henrique Afonso e Sergio Petecão.

Sem candidatos

* Tião Bocalom ao ser perguntado na entrevista pelo jornalista Alan Rick, quais os nomes do DEM a câmara federal, quase engasgou. Saiu somente o nome do Empresário Plínio Bandeira de Cruzeiro do Sul, que segundo informações não será mais candidato. Ficou claro que o DEM não tem a menor condição de ter uma candidatura ao governo sem candidatos a estadual e federal.

Reviravolta para o senado na FPA

* Quando tudo indicava que a deputada federal Perpetua Almeida seria a candidata da FPA, o senador Anibal Diniz (PT) melou de vez as pretensões da deputada. Foi bem taxativo ” Se ela quiser candidata ao senado terá que procurar outra coligação”

Palavras de Perpetua

* Em uma de suas visitas a Cruzeiro do Sul, a deputada confirmou que se não for candidata ao senado pela FPA não será candidata a nada. Mas, por vingança creio na sua candidatura ao senado, mesmo que tenha que se unir com Henrique Afonso (PV), já que todo candidato ao senado tem que ter um candidato a governador e vice.

Tião encurralado

* Conforme a posição dos filiados do PT e partidos que integram a FPA, que já assinalaram pela candidatura de Anibal Diniz, será impossível o governador Tião Viana não aderir também a candidatura a reeleição do senador, mesmo sabendo dos prejuízos futuros.

Desabafo

* A deputada estadual Antônia Sales (PMDB) fez nesta quinta na tribuna da assembléia legislativa um desabafo em relação as perseguições políticas sofridas a quase um ano pelo marido, Vagner Sales.

Se for consenso aceito

* Ontem na entrevista do deputado federal Gladson Cameli (PP) ao jornalista Alan Rick, o mesmo afirmou que é um soldado da oposição, e se seu nome for consenso dentro da oposição para ser candidato único ao governo, ele estará a disposição.

Marcelo Federal

* Como já tinha adiantado nesta coluna, era questão de tempo para o PT lançar o nome do jovem Marcelo Siqueira (PT) a câmara federal. Marcelo é um nome novo e com potencial. Porém terá um grande problema chamado Mâncio Lima Cordeiro.

Nova eleição

* Se confirmada uma nova eleição em Cruzeiro do Sul, o deputado Thaumaturgo lima poderá realizar seu sonho de ser candidato a prefeito mais rápido do que ele imaginava.

Se organizando

* Com a possibilidade de uma nova eleição em Cruzeiro do Sul, muitos pretendentes ao cargo começam a se articular no meio político cruzeirense.

Ajudando o próximo

* O Núcleo Antidrogas de Cruzeiro do Sul, coordenado por este colunista está colaborando com a sociedade através de suas atividades que consiste em retirar dependentes químicos da rua e interna-los em centros de recuperação em Cruzeiro do Sul e Rio Branco.

Um dia abençoado a todos.

Um abraço especial ao deputado Gladson Cameli.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.