BRASIL: JUSTIÇA DETERMINA QUE ÍNDIOS FIQUEM EM SEGURANÇA

Publicado em 29 de dezembro de 2013

indios maita

Uma decisão liminar determinou que a União e a Funai adotem medidas para garantir a permanência do povo Tenharim em suas terras, com segurança, no município de Humaitá, a 600 quilômetros de Manaus.

A decisão foi tomada pela Justiça Federal, que acatou pedido do Ministério Público Federal no Amazonas. Os indígenas estão refugiados no Batalhão de Infantaria de Selva do Exército e devem retornar e permanecer em suas comunidades.

A Funai e a União devem elaborar um plano, com a participação dos indígenas, com apoio das forças de segurança, e instalar postos de fiscalização nos extremos da reserva. O trânsito de não indígenas no trecho da rodovia Transamazônica que corta a terra dos Tenharim também deve ser monitorado.

A decisão assinada pela juíza federal Marília Gurgel afirma que a população indígena está “acuada” e “relegada à própria sorte” diante dos ataques sofridos por parte da população local – que é motivada pela suspeita de que os Tenharim tivessem algum envolvimento no suposto desaparecimento de três pessoas na área da reserva.

Fonte: Band News


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.