SinproAcre pede retorno da ronda escolar e mais investimento em educação

Publicado em 6 de outubro de 2017

simproacre

A diretoria do Sindicato dos Professores da Rede Pública de Ensino do Acre (SinproAcre) e o Colegiado de Diretores de Escolas Municipais (Codep) organizaram um ato pelo centro de Rio Branco contra a violência. A mobilização foi realizada depois de uma coordenadora ter sido agredida por uma mãe de uma aluna, caso que está sendo investigado pela Polícia Civil.

A manifestação, que ainda reuniu alunos pedindo paz nas escolas, resultou em uma reunião com as autoridades que atuam na área de segurança pública do Estado. Na mobilização, os educadores cobraram o retorno do policiamento escolar.

A presidente do SinproAcre, Alcilene Gurgel, pediu a presença da polícia como apoio para inibir novos casos de violência. Ela ainda lembrou que os governantes precisam investir mais em educação, contribuindo com a redução da criminalidade.

“O governo gasta cerca de R$ 20 mil por preso, enquanto isso o gasto por aluno é de R$ 5 mil. Enquanto não houver mais investimentos em serviços como a educação e a saúde, a violência continuará aumentando”, protestou a sindicalista.

No manifesto, Alcilene Gurgel pediu aos gestores para que haja uma maior interação entre as guarnições e a direção das escolas com o objetivo de existir um apoio no enfrentamento ao combate ao tráfico de drogas e contra as facções que tentam aliciar os alunos.

 

Freud Antunes
Jornalista

Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.