Sinhasique critica subutilização da Dom Porquito e diz que porcos estão vindo do Mato Grosso

Publicado em 4 de outubro de 2017

sinhasique dom porquito

A líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputada Eliane Sinhasique, lamentou a subutilização do frigorífico Dom Porquito. Segundo ela, a Dom Porquito tem capacidade produtiva de 1600 cabeças de suíno por dia, mas atualmente abate uma média de 150 cabeças, ou seja, apenas 10% do que pode produzir.

Além disso, a parlamentar diz que os porcos utilizados no frigorífico estão sendo comprados no Mato Grosso. “Antes de investir na ponta, tem que investir na base. Como se faz um frigorífico, se não tem animais para o abate?”.

Sinhasique acredita serem necessários mais investimentos no produtor e na sua produção. “A cadeia produtiva não está interligada. Falta ramal, falta apoio técnico, falta financiamento para os pequenos produtores. Não há interesse em fazer a coisa funcionar. Enquanto tudo estiver desconectado, teremos prejuízo”.

A parlamentar frisa que todos os investimentos do Governo nas cadeias produtivas estão sendo falhos. “O Governador trouxe do Nordeste e distribuiu para os produtores matrizes de ovelhas, mas não ensinou a eles como criar. Muitas ovelhas morreram, criaram fungos em suas patas e ficaram cegas”.

Sinhasique fala desse assunto com propriedade, pois viveu no Projeto de Assentamento Pedro Peixoto com seus pais agricultores. “Eu sou de uma família tradicional de agricultores. Sei o que é puxar enxada, sei o que é plantar, sei o que é criar animais. Quando falo da zona rural é porque conheço”.

 

 

Ravenna Nogueira

Assessora de Comunicação


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.