Senadores investem pesado na divulgação da atividade parlamentar em tempos de reeleição

Publicado em 5 de setembro de 2017
mariano maciel
Gastança no Senado
Até o mês passado, o custo da autopromoção entre os senadores que perderão o mandato no ano que vem, foi de R$ 1,4 milhão com divulgação parlamentar. Com vistas à reeleição, os senadores têm investido pesado para divulgar atividades parlamentares, seja por meio de boletins, folders ou quaisquer outros métodos disponíveis.
Campeão de gastos
Entre os que estão na corrida para se reelegerem, o que mais gastou (segundo levantamento do jornal Correio Braziliense) foi Eduardo Braga (PMDB-AM) que concorreu ao governo do amazonas no mês passado e perdeu.
* Braga gastou R$ 192,7 mil com divulgação entre janeiro e agosto. Todo mês, o senador destina R$ 24 mil a agências de publicidade e produção.
*** A assessoria de Braga diz que as despesas estão dentro das possibilidades da cota.
Denúncia séria
Colunista do Direto do Planalto, jornalista Rodinei Lafaete, encaminhou ao deputado federal Major Rocha (PSDB), ao Governo do Acre, por meio da Secretaria de Comunicação, e à Agência de Vigilância Sanitária, denúncia comprovada de venda ilegal do suplemento Phospho Ethanolimine da Quality Medidical Lina, produzido pelo Laboratório Frederico Diaz, como se fosse para o tratamento do câncer no Acre.
* Na denúncia, Rodinei anexou ofício enviado ao diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, dando conta dos fatos e requerendo as providências cabíveis.
Mais uma vez
Com nova denúncia vinda, aliados palacianos de Michel Temer voltaram a desconfiar que Rodrigo Maia possa trabalhar para que ela seja aceita, abrindo chances para que se torne presidente.
 * Maia está irritadíssimo com essa desconfiança.
 
Expo Juruá 2017
 
De Cruzeiro do Sul vem a reclamação da barulheira e da falta de organização da Expo Juruá 2017, evento que ocorre todos os anos na Avenida Mâncio Lima, no centro da cidade, onde há grande aglomeração de moradores.
* O barulho infernal está dificultando o sono de muita gente, dizem.
Chumbo grosso 
 
Pessoas próximas ao operador Lúcio Funaro garantem que sua proposta de delação premiada implicará praticamente todos os aliados de Temer no PMDB e apontará o presidente como beneficiário de desvios da Caixa e de dinheiro escondido no exterior.
* Temer sempre disse que jamais teve relação com o doleiro. Aliados do peemedebista, hoje em dia, quando questionados sobre o novo delator, rebatem: “Lúcio o quê? Quem?”.
 
Flecha nele
 
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já tem compromisso quando deixar o cargo em 17 de setembro. Será convocado para depor na CPMI da JBS para explicar os termos do acordo de delação com os donos da JBS.
 
Frase
Atacar seus delatores mostra no mínimo a incapacidade do senhor Michel Temer de oferecer defesa dos crimes que comete. Michel, que se torna ladrão geral da República, envergonha a todos nós brasileiros” – Joesley Batista, o empresário que delatou Temer.

Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.