Acre: A Força do Juruá nas eleições 2018

Publicado em 1 de setembro de 2017

vice de cameli

A força do Juruá na política acreana sempre foi notória. Dessa vez não será diferente. Todas as grandes decisões passarão por aqui. Na próxima segunda feira o PMDB fará um grande evento partidário envolvendo os cinco municípios da região. Segundo apurou a coluna serão definidos os rumos do partido para 2018. Será o momento de apresentar o ex-deputado Federal Márcio Bittar como o pré-candidato oficial do PMDB ao Senado federal, também a apresentação da Deputada Federal Jessica Sales como pré-candidata a reeleição e ainda a confirmação de Antônia Sales como candidata única do PMDB do Juruá a deputada estadual. Pelo que pude apurar o ex-prefeito Vagner Sales quer mostrar ao PT e a oposição quem realmente tem força na região. A conferir se ele mostrará toda essa força, mesmo fora da prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Ponha importante nisso

E a importância do Juruá não para por ai, dia 27 de Setembro ocorrerá um grande ato público da oposição em Cruzeiro do Sul e será anunciado oficialmente o nome do vice-governador na chapa de Gladson Cameli para a eleição de 2018. Já tem pré-candidato comprando sandálias novas e se preparando para por o pé na estrada em direção ao Vale Sagrado.

Caravana

Sairá de Rio Branco, e de todas as partes do estado uma grande comitiva da oposição em direção ao Juruá. É esperado o maior evento político fora de períodos eleitorais já realizados na região. Por ser a cidade natal do pré-candidato da oposição Gladson Cameli, as maiores lideranças oposicionistas esperam que o evento seja o ponto de partida para alavancar de vez a campanha que pode levar a oposição ao Palácio Rio Branco depois de duas décadas de governos do PT.

O lado do Democrata

Depois de informação dada na coluna sobre a disputa de vice na chapa Cameli. Recebo ligação de membro da executiva estadual do Democrata, afirmando que o partido nunca pediu nada de Gladson Cameli, que foi o senador quem teria firmado o acordo com o presidente nacional do Democrata Agripino Maia, e o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, e o partido espera que Gladson cumpra o acordo. O Democrata mantém o nome do Deputado Alan Rick como opção para o vice de Cameli e espera com tranquilidade a decisão, certos que seja a melhor para oposição. Arrematou ele.

É dos tucanos

Pouco depois de ouvir o lado democrata um tucano de bico grande me garantiu que o vice de Gladson é do PDSB. Prego batido da ponta virada foi essa a expressão usada por ele para me garantir que caberá ao deputado Federal Major Rocha indicar o vice na chapa Cameli 2018. E disse mais, o anúncio ocorrerá dia 27 em Cruzeiro do Sul. Falta pouco, vamos esperar de camarote o desenrolar dessa novela mexicana tupiniquim.

Pintou um nome?

Em meio a disputa entre PSDB e E DEMOCRATA, chega a informação de que a Jornalista Mara Rocha foi demitida da TV gazeta. O motivo seria o fato dela está cotada para ser a vice de Gladson Cameli nas eleições do ano que vem. Como onde há fumaça, há fogo, crescem os rumores de ela venha a ser a escolhida para compor com Gladson Cameli para 2018. A conferi se ela estará em Cruzeiro do Sul dia 27 de setembro, data em que seria anunciado o vice de Cameli.

Herança maldita?

O ex-prefeito Vagner Sales, foi notadamente o prefeito que mais fez investimentos em obras em Cruzeiro do Sul. A maioria de suas obras, embora necessárias, são escolas e postos de saúde rurais construídas em madeira. O tempo é implacável com esse tipo de construção, uma boa parte delas já apresentam sinais de desgaste ou mesmo estão semidesativada ou desativadas. É o caso da escola Nilza Oliveira Antunes no estirão do Remanso. Só para citar uma das várias que já apresentam problemas. Manter todas funcionando sem fazer um alto investimento em manutenção é uma missão quase impossível. Seria essa uma herança maldita herdada pelo prefeito Iderlei Cordeiro? Essa resposta apenas o tempo poderá dizer.

Cabo-de-guerra

Plotado em conversa comprometedora com visitante do sistema penitenciário, onde chamava operadores de segurança pública de Irresponsáveis. E ainda fotografado usando em seu capacete um palhaço (símbolo conhecido por ser ostentado no mundo do crime por quem é matador de policiais), o Ouvidor dos direitos humanos, da Secretaria Estadual de Direitos Humanos, senhor Nicassio, permanece no cargo por decisão do secretário Nilso Mourão. A decisão tem causado revolta em todos os operadores de segurança, que ainda aguardam posição do Governador Sebastião Viana e do Secretário de Segurança Emilson Farias. A conferir quem terminará como o palhaço dessa história.

Homem bomba

Depois de ser demitido do cargo de Secretário de Administração da Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul, e afrontando nas redes sócias, por um perfil falso que se identificava como Maria Clara Alcântara. Manfrine Costa perdeu a paciência e insinuou ter provas que incriminariam a gestão anterior ao prefeito Iderlei Cordeiro. Ao afirmar ter provas comprometedoras contra um filhinho de papai, atrás de certa mesa azul, tão poderoso a ponto de demitir um secretário. Mafrine virou uma espécie de Roberto Jeferson do Juruá, um homem bomba que é capaz de provocar o silêncio, apenas com uma alusão ao seu nome em certos ambientes políticos da princesinha do Juruá.

Sumiu

Se são verdades, ou apenas um blêfe as afirmações, apenas Manfrine Costa, Polícia Federal e Ministério Público podem dizer. Fato é que, Maria Clara Alcântara sumiu das redes sociais depois do fatídico episódio, seu paradeiro é um enigma para o Vale Sagrado, tal qual foi Bruno Borges para o Acre e o mundo.

Quem é Maria Clara?

Após o barraco nas redes sociais entre Manfrine Costa e Maria Clara Alcântara, o Jornalista Leandro Altheman chegou a escrever uma matéria no Portal Juruá em Tempo, onde dava pistas de quem seria a pessoa por trás do perfil, com a foto de uma gatinha que se apresentava como Maria Clara Alcântara. Se Altheman estava certo ou não, fato é que Maria Clara sumiu do radar, a ponto do Jornalista Edilberto Araújo cunhar no Facebook a campanha #voltamariclaraalcantara.

Fogo de palha

Apenas fogo de palha as pré-candidaturas de alguns vereadores de Cruzeiro do Sul, que alardearam precocemente ser candidatos a uma cadeira na ALEAC em 2018. Primeiro porque é sabido, que poucos teriam estrutura financeira para enfrentar uma campanha em nível de estado, segundo porque boa parte dos que tinham esse desejo, estão dentro de um grupo político onde não há espaço para amadores, e principalmente porque a gosto ou contragosto, com uma ou outra exceção, estarão todos como cabos eleitorais de Antônia Sales, Jessica Sales ou Rudilei Estrela. Já dizia meu saudoso avô Sabastião Pingoró: “Quem aluga a bunda não escolhe quando senta”.

Caminho traçado

Com a candidatura de Bocalom a deputado Federal o Democrata nacional espera que o Acre contribua com o aumento da bancada do partido na câmara dos deputados. Da parte do diretório nacional Bocalom terá todo o apoio necessário para atingir seu objetivo, aja visto ser importantíssimo o crescimento do partido no congresso nacional.

Não será fácil

Cardeais da FPA avaliam que nas regras atuais, num chapão dos grandes partidos, fazem três ou quatro deputados federais. Em caso de uma chapinha com partidos médios e nanicos podem fazer mais um. A oposição no que apresentou até agora pode no máximo fazer três ou quatro numa única coligação. Já no distritão a FPA nada de braçada pela força da estrutura e pode fazer até seis deputados federais. Portanto não será nada fácil o Democrata atingir seu objetivo, mesmo tendo em campo seu melhor nome. A conferir senas dos próximos capítulos.

Rivalidade

Chegou a coluna a informação de que membro do alto clero do Democrata, desafiou o Major Rocha a uma aposta no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), como Rocha não volta para a Câmara dos deputados em 2019. A aposta teria sido feita em tom de brincadeira, mas recebeu o aval de membros do Democrata que ajudariam a pagar a conta, caso ele perdesse a aposta.

Não atirar em embiara

Quando menino meu pai me contava que meu velho avô paterno, para economizar munição (tempos que a caça era permitida), sempre o recomendava: “não atire em embiara”! Tem candidata de Rio Branco, que está gastando em Cruzeiro do Sul, sua pouca munição em embiara. Se Conselho fosse bom era vendido nas melhores farmácias. No entanto me atrevo a dizer: “Dra. não atire em embiara, guarde sua munição para uma caça maior”.

Marmita da discórdia

Chegou a coluna uma situação inusitada. Certa distribuição de marmitas teria tumultuado o plenário de uma câmara municipal em um dos cinco municípios do vale do Juruá. Assessores reclamaram de uma seletividade, onde alguns que não gozam da simpatia da administração da casa ficaram sem almoçar, mesmo estando em horário de expediente e tendo sido fornecido almoço a todos os demais servidores. Disse-me um amigo que presenciou o episódio que foi a maior saia justa, quando um assessor questionou o presidente da casa, porque ele não teria recebido o almoço, já que estaria trabalhando naquele horário como todos os outros presentes. O fato foi tão sério que provocou uma reunião da mesa diretora para discutir o assunto a aparar as arestas. Só não conto qual a cidade onde ocorreu o fato hilário, para resguardar as pessoas envolvidas.

Em plena ação

Criada essa semana por iniciativa do Vereador Elenildo da Pesca, a Frente Parlamentar Suprapartidária Cruzeirense, composta pelos vereadores: Elenildo da Pesca, João keleu, Ocenir Maciel e Mariazinha, fez na quarta feira 30 de agosto, uma fiscalização na agência do Bradesco local, atendendo denúncia de populares sobre dificuldades no atendimento. Hoje cumprem agenda na comunidade Badejo onde ouvem da comunidade as dificuldades enfrentadas para ter acesso aos serviços básicos do município.

Espocou

Depois de publicar a primeira coluna na quarta feita 30 de agosto. O Portal Folha do Juruá, e a coluna Política em Foco, receberam muitas mensagens. A maioria de incentivos, outras com críticas construtivas e algumas nem tanto. Na política e na vida a unanimidade é algo inexistente, não dá para agradar a gregos e troianos. Ao mesmo tempo em que, somos gratos a todos os que, usaram uns minutos do seu tempo para nos escrever uma notinha, isso nos carrega de uma responsabilidade ainda maior. Torna-se imperativo seguir levando a coluna sempre pautada na verdade e na ética acima de tudo.

 

Por Luiz Carlos Rosa

WhatsApp: 68 999579053


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.