Sindmed-AC denuncia a falta de equipamentos para o trabalho de otorrinolaringologistas

Publicado em 25 de agosto de 2017

otorrinolaringologistas

Os diretores do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) protocolaram junto ao Conselho Regional de Medicina (CRM) e ao Ministério Público estadual (MPE) um pedido de fiscalização no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), nesta quarta-feira (23/08). O motivo é a falta de equipamentos para atuação dos médicos otorrinolaringologistas.

Segundo o presidente do Sindicato, Ribamar Costa, o governo vem determinando a transferência dos otorrinolaringologistas do Hospital das Clínicas para o Huerb sem garantir que eles possam atender os pacientes, ignorando a população que precisa da especialidade.

“É mais um descaso com o paciente que deve receber atendimento, mas o poder público simplesmente ignora. Ainda é uma falta de respeito com os profissionais que deixam de ter estrutura para a realização do trabalho”, afirmou o sindicalista.

Ribamar Costa informou que outras irregularidades estão sendo catalogadas e o setor jurídico estuda medidas judiciais para obrigar o Estado a oferecer a estrutura mínima para o atendimento da população.

“O médico sofre sem equipamentos e o paciente fica desassistido por pura falta de competência de gestores que precisam ser responsabilizados”, afirmou o presidente do Sindmed-AC.

Freud Antunes

Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.