Prefeitura de Cruzeiro do Sul assina termo de compromisso com Ministério Público

Publicado em 6 de julho de 2017

Prefeitura e ministerio publico-4

Durante uma reunião realizada com diversos órgãos, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, assinou um termo de compromisso entre Prefeitura e Ministério Público, se comprometendo a fornecer informações sobre os trabalhos realizados pelo município com crianças e adolescentes, auxiliando dessa forma o Ministério Público a ter dados atualizados sobre essa categoria, para formulação e execução das políticas públicas.

O levantamento faz parte do projeto do MP, ‘Observatório da Infância’, que visa detectar as principais dificuldades e desafios no atendimento às crianças e adolescentes. Participaram do encontro, e também assinaram o termo de compromisso, diversos outros órgãos voltados ao atendimento dessa faixa-etária, como Secretaria Municipal de Assistência Social, representada pela secretária municipal Keiliane Cordeiro Polícia Militar, Defensoria Pública, representada pela Drª Cláudia Aguirre, representantes do Governo Estadual, Hospital Geral, Maternidade, Caps, Representantes da Delegacia do Menor, Conselho Tutelar, Instituto de Medidas Sócio Educativas, dentre outros.

O Promotor da Infância e da Juventude, Alekine Lopes, destacou a importância do diagnóstico. “Fizemos um diagnóstico, um estudo de caso, sobre as demandas da infância e da juventude em todo estado. Diversos órgãos estaduais e municipais estão se comprometendo a fornecer informações que possam nos auxiliar a manter os dados atualizados sobre a situação da infância em nosso município, para que possamos atuar exatamente na necessidade maior e acompanhar a evolução em alguns aspectos, exatamente com os dados fornecido por essas entidades”, enfatizou o promotor.

Durante o encontro, além de assinar o termo de compromisso, os órgãos debateram sobre as principais demandas da infância e da juventude atualmente. Para o prefeito Ilderlei Cordeiro, é necessário que o levantamento seja realizado e que cada instituições possa colaborar para a execução das ações.

“Temos que dar uma atenção diferenciada as nossas crianças e adolescentes. Eles são o nosso futuro. Através desse levantamento podemos melhorar ainda mais os serviços já oferecidos pelo município, e com a união de todas as instituições poderemos então levar atendimentos diferenciados para nossas crianças e adolescentes, e evitar que eles entrem no mundo das drogas, por exemplo, que atualmente é um dos maiores problemas, que destrói a vida das famílias e dos jovens”, finalizou o prefeito.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.