Com caminhada, Prefeitura de Cruzeiro do Sul faz alerta no Dia Mundial Sem Tabaco

Publicado em 2 de junho de 2017

Dia do tabaco CZS-1

Com uma grande caminhada, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul através da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da coordenação da saúde do homem, trabalhador e tabagismo, fez um alerta sobre o Dia Mundial Sem Tabaco. O evento aconteceu no fim da tarde desta quinta-feira, 31 de maio, saindo da Ponte sobre o Rio Juruá e encerrando no último portal da Avenida Mâncio Lima. O prefeito Ilderlei Cordeiro participou de todo o percurso, acompanhado do Secretário de Saúde Edir Clemente e demais secretarias envolvidas e vereador Elenildo da Pesca.

Centenas de pessoas são acompanhadas atualmente pelo programa de combate ao tabagismo, segundo o coordenador do programa Gilmar Giles.  “Infelizmente as pessoas que fumam não veem o tabagismo como doença e demoram a procurar o tratamento, e um dos pré-requisitos é a pessoa querer o tratamento, ela não pode ir forçada. O tratamento dura três meses, onde é aplicado o adesivo de nicotina sintética, e é acompanhado por médicos e enfermeiros”, explicou.

No fim da caminhada foi realizado ainda o Dia do Desafio, com a realização de atividades aeróbicas, com o apoio do Sesc e da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo. “O Dia do Desafio surgiu no Canadá, por conta do sedentarismo, e hoje o mundo todo coordena esse dia através do Sesc”, relatou o representante do Sesc Efrain Miranda.

O prefeito Ilderlei Cordeiro enfatizou a importância das pessoas que usam o cigarro procurarem o tratamento oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde.

“Quero parabenizar todas as equipes envolvidas. Hoje temos mais de 100 pessoas cadastradas fazendo o tratamento de tabagismo, e isso envolve um número razoável de pessoas, mas ainda não é o que queremos, por isso convidamos a população que ainda usa o cigarro a olhar por sua saúde e buscar também esse acompanhamento, e nós estamos a disposição para ajudar. Esse é o nosso propósito de continuar lutando e defendendo a bandeira da saúde durante nossa gestão”, disse o prefeito.

Dados da OMS mostram que o consumo do tabaco mata mais de 7 milhões de pessoas todos os anos e custa aos lares e aos governos mais de US $ 1,4 trilhão, em razão de despesas com saúde e da perda de produtividade. O Dia Mundial sem Tabaco, comemorado anualmente em 31 de maio, foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como um alerta sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo.

Assessoria


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.