Cara de “tacho” Senador cobra, mais uma vez, atenção do governo federal para BR 364

Publicado em 27 de abril de 2017
Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Jorge Viana (PT-AC). Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Com  cara de “tacho”, “Cara de tacho é uma expressão popular da língua portuguesa que significa ficar sem graça, com cara de pateta. Tacho é uma panela de barro, largo e pouco fundo, geralmente com asas”. O senador Jorge Viana (PT-AC) criticou mais uma vez o governo federal pelo descaso com a rodovia federal ramal BR 364, que corta o estado de Rio Branco até a cidade de Cruzeiro do Sul.

Agora os meninos da Floresta estão preocupados com o ramal em que eles transformaram a BR-364. Como agora a vaca leiteira secou as tetas para o desgoverno ptista do Acre, o senador disparou a metralhadora em seu ex-aliado o pemedebista do Temer. Da tribuna do Senado, o parlamentar denunciou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) pelas condições precárias da estrada, que se deterioraram rapidamente desde o início do mês. Em 4 de abril, Viana cobrou do governo Temer a retomada dos investimentos na rodovia.

“A situação é dramática, com uma situação de penúria da estrada”, lamentou. “O trecho de Rio Branco que passa pelo município de Bujari e vai até Sena Madureira está completamente intransitável”. Ele mostrou fotografias dos trechos mais afetados da BR 364, com deterioração visível das condições de tráfego em diversos pontos do estado. “Há dois anos a BR 364 foi reconstruída e agora a situação é de absoluta deterioração”, criticou.

O senador ainda revoltado com a saída do seu partido PT da presidência disse que. Dilma Rousseff saiu da Presidência da República, os investimentos para a manutenção da rodovia estão suspensos. Viana anunciou que apresentou requerimento na ultima quarta-feira, 26 de abril, cobrando informações do ministro dos Transportes, Maurício Quintella.

Da tribuna, o senador fez elogios ao prefeito Marcus Alexandre, pelos projetos sociais que vêm sendo implantados no município de Rio Branco, e ao governador Tião Viana. Segundo o parlamentar, poucos estados brasileiros têm conseguido manter a folha de pagamento dos seus servidores em dia e ainda atrair investimentos. “Lá no Acre nós estamos tendo um governo que se organiza para enfrentar a crise investindo, gerando emprego e procurando estimular o setor produtivo”, disse.

Que Acre será que o senador está falando, deve ser de outro país e outra região norte, aqui sem duvidas não existe esses investimentos e geração de emprego acorda senador já estamos em 2017, tempo finai da era PT no Brasil.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.