O Sindmed-AC confirma paralisação para quarta e indicativo de greve para o dia 28

Publicado em 15 de março de 2016

ribamar costa-1

O presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), Ribamar Costa, confirmou para quarta-feira (16) o início da paralisação de 48 horas por melhores condições de trabalho nos hospitais. Na assembleia de sábado (12/03), a classe decidiu por um indicativo de greve para o dia 28, caso não haja avanços.

Segundo o sindicalista, a última proposta do governo do Estado foi esquecer toda a negociação de 2015 e começar novas rodadas de negociações do zero, o que revoltou a categoria que, há anos, sofre com o sucateamento e a sobrecarga de trabalho.

“A população está perecendo e a imprensa vem divulgando o sucateamento da saúde pública.  Então, agora, depois de um ano de sucessivas tentativas de um acordo, os gestores fecham as portas e resolvem zerar as negociações. Isso é um crime humanitário”, protestou Ribamar Costa.

Desde o dia 28 de janeiro de 2015, o Sindmed vem buscando negociar uma pauta com várias reivindicações, mas, ao longo do ano passado, a equipe técnica do governo solicitou aos sindicalistas que, das 22 pautas apresentadas, fossem eleitas 5 propostas prioritárias, o que foi atendido como forma de demonstrar o compromisso por parte dos membros do Sindicato. Dentre a relação de exigências dos médicos está a contratação dos médicos aprovados em concurso público, a publicação do ato que garante a perícia médica no interior, propostas de melhorias significativas e imediatas nas estruturas das unidades de saúde do Estado.

“A entidade vem buscando negociar melhorias que possam beneficiar todos os cidadãos, mas há uma tática dos gestores de ficarem protelando, o que prejudica o profissional de saúde, que precisa de medicamentos e equipamentos de qualidade para garantir atendimento digno à população”, afirmou o sindicalista.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.