De Jeitinho em jeitinho, o Brasil se tornou Referência em corrupção !!!

Publicado em 30 de janeiro de 2016

DIMAS-COLUNA-3

O famoso modo  de parte da população brasileira  de resolver as coisas encontra no seio social um abrigo simpático e aceito por todos.é o tão conhecido  “Jeitinho brasileiro” Quem nunca ouviu falar? A vontade de obter vantagem em cima de tudo, mesmo nas pequenas coisas, é uma característica de boa parte dos brasileiros. Pode parecer bobo, mas as mesmas pessoas que reclamam e amaldiçoam os políticos corruptos, já foram corruptas em inúmeras outras situações. Naturalmente, ações corruptas não devem ser aceitas, sejam elas pequenas, médias ou grandes. “Temos que combater a impunidade em todos os níveis e classes sociais , chega de jeitinhos (…) .  Na China existe  construto cultural semelhante ao jeitinho, o guanxi. O guanxi também é uma estratégia usada cotidianamente para a resolução de problemas, mas se diferencia do jeitinho em diversos aspectos .

Podemos afirmar que a corrupção não teve origem no Brasil, mas  se agravou nos últimos anos.Culpar a mídia por mostrar fatos é um argumento fajuto de quem não pensa em um País melhor.  O antigo império romano, por exemplo, era cheio de atos  que nos mostram o quanto tal crime era praticado,  não apenas o governo, mas a própria população se adaptou a essa realidade – que, por sinal, acompanhou o nascimento, apogeu e declínio do grande império.ou seja tal prática é antiga e sem data certa de nascimento ou de naturalidade .

Considerando que a corrupção remota aos tempos mais antigos da sociedade, seria possível dizer que sua extinção é impossível, pois ela faria parte da fragilidade da condição humana e da história em si, com suas desigualdades tanto em fatores econômicos como sociais e de outras origens. diante da impotência dos homens em acabar com a corrupção, a tentativa de combatê-la nunca foi descartada.

Grande parte da população  não acredita mais no governo, nem nos seus políticos, não respeita as instituições, não acredita em suas leis, nem na sua própria cultura, acostumou-se com a desordem governamental e passou a ver como normal as notícias trágicas sobre corrupção, violência.  O Brasil precisa investir na cultura brasileira, iniciando pelas escolas, empresas, igrejas, instituições públicas e assim por diante, começando pela educação patriótica, afinal, um grande povo precisa amar e honrar seu grande país .

Se o Brasil não está sob o domínio físico de legiões estrangeiras, está, porém, sob a imposição de uma ideologia elaborada por cérebros doentios de outras origens, mas disseminada por cérebros não menos enfermos, o que significa, igualmente, uma intervenção na nossa soberania. a corrupção começa nos corações e quase sempre é aprendida dentro de casa, ensinada muitas vezes pelos pais, quando, por exemplo, não pagam impostos, tiram vantagem de tudo, pelo nosso jeitinho. Agora partilho aqui essas práticas que devem conhecer, tomar consciência, para bani-las de nosso dia a dia. Do contrário. Seremos sempre o sujo falando do mal lavado.Precisamos fazer nossa parte, chega de remendos e Jeitinhos, precisamos de educação, saúde e segurança .

 


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.