Saúde da Mulher: Dicas para eliminar a gordura localizada depois dos 50

Publicado em 29 de setembro de 2014

Menopausa pode aumentar a gordura localizada no abdômen. Veja alternativas para dar adeus a essas indesejadas “companheiras”.

Por MEILI JATENE

saude da mulher

Gordura abdominal, assunto que nós, “mulheres 5.zero” simplesmente abominamos. Começa aqui, daqui a pouco ali … e quando você se dá conta, o seu guarda-roupa te joga na cara aquela camiseta branca, que você adorava colocar com aquela calça jeans, já era.

Bom, mas antes de mais nada, vamos deixar claro o seguinte: a menopausa não causa aumento de peso, isso é mito, ok? Portanto, não adianta culpá-la! Ela aumenta, sim, essa gordura acumulada em torno da cintura, segundo estudo feito por especialistas da Sociedade Internacional da Menopausa.

Isso porque a queda nos níveis de estrogênio [hormônio feminino responsável pelo controle da ovulação], alteram a forma como o corpo armazena gordura nos quadris e na cintura. A pesquisa, publicada na revista Climacteric, revisa os estudos realizados sobre o tema entre 1966 e 2012.

Segundo estas análises, as mulheres ganham em média 0,5 kg por ano a partir dos 50 anos. Além disso, apresentam um rápido aumento da gordura abdominal no terceiro ano depois da menopausa.

O fato é que, esse acúmulo de gordura abdominal é mais nocivo do que qualquer outro tipo de gordura localizada. Na verdade representa um aumento do risco de diabetes e, principalmente, de doenças cardiovasculares. Estas que são as principais causas de morte entre as mulheres na pós-menopausa.

Portanto, cuidar da dieta e fazer atividade física é obrigatório, não tem jeito, faz parte do pacote envelhecer (rs). Para te ajudar nesse desafio, reuni algumas dicas práticas e bem bacanas que vão te ajudar a combater essas gordurinhas indesejadas.


Deixe o seu comentário:

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores.